Famosas comemoram dia do sexo

Famosas comemoram dia do sexo
Nelson Miranda/Divulgação

Nubia OIiiver:

“Sexo sempre tem que ter algo a mais e pra isso minha dica é abuse dos produtos eróticos e sensuais … inove … e beije muito!!! Na hora H só não vale tentar impor suas regras , do tipo isso não pode isso não faço … sinta … experimente… e principalmente converse muito! O que levanta a moral é a paixão e a entrega total para viver intensamente aquele momento com seu parceiro. O amor é o tempero mais “quente” na hora do sexo. Quem pensa que sabe tudo pode acabar com o tesão na hora h. Aquele que está sempre disposto a aprender , são os melhores amantes. Posso garantir isso!”

Nelson Miranda/Divulgação
Nelson Miranda/Divulgação

Deborah Albuquerque:

Minha dica é, construa intimidade que você vai chegar onde nunca imaginou chegar. Quando você cria intimidade com seu parceiro, maior o prazer e mais ousadas são as relações. O que eu não gosto é de colocar mais pessoas no quarto entende? Acho que um casal se basta na hora do sexo. Gosto de tudo, sou daquelas que gosta de ser virada do avesso e de fazer isso com meu homem também. Na verdade sou até um pouco dominadora, rs.

Samuel Melim/Divulgação
Samuel Melim/Divulgação
Ela causa! Deborah Albuquerque exibe bumbum perfeito
Samuel Melim/Divulgação

Denise Dias:

“Minha dica é fazer uma surpresa para o namorado. Marcar um encontro com uma champanhe e uma lingerie bem linda e transparente, eu amo lingerie sexy na hora H. Ter uma peça sexy pra ser tirada é provocante, cabe até uma dancinha sensual ! Prefiro ser dominada que dominar gosto quando meu parceiro assume o comando. Algo curioso, que eu não gosto é que passe a língua no meu ouvido, isso realmente me incomoda”.

Com novo visual, Denise Dias aparece sexy em ensaio arrebatador
Cassiano Grandi/Divulgação

Denise Dias, musa da marquinha, fala sobre fase de digital influencer
Cassiano Grandi/Divulgação

Gracyanne Barbosa:

“Na hora do sexo a entrega total para viver intensamente aquele momento com seu parceiro é fundamental. Entre quatro paredes o que importa é o que te dá prazer , o que te liberta. O que não vale é ultrapassar os limites do outro, sexo bom é aquele que você permite, que você se joga”.

Higor Almeida/Divulgação