Famato se reúne com governador para tratar de furtos e roubos em propriedades de MT

A secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso registrou no ano passado 1.003 casos de furtos e 102 de roubos em propriedades rurais do Estado. A preocupação e os relatos dos produtores continuam este ano, o que levou o diretor de Relações Institucionais da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rogério Romanini, a tratar do assunto ontem (11/02) em uma audiência com o governador do Estado, Pedro Taques, o vice-governador, Carlos Fávaro, e o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque.

Segundo Romanini, a Famato tem recebido diversas ligações de produtores reclamando da falta de segurança nas propriedades rurais, com relatos de furtos de maquinário, defensivos agrícolas e de gado. “Os produtores estão se sentindo inseguros. Fomos atendidos prontamente pelo governador que ouviu nossas demandas. Acreditamos que a inteligência do governo vai trabalhar em cima disso e a Famato está disposta a contribuir com as informações que receber dos produtores por meio dos sindicatos rurais”, afirmou Romanini.

O vice-governador, Carlos Fávaro, disse que essa discussão está na pauta do governo. “Os encaminhamentos estão sendo feitos. É um trabalho difícil devido à dimensão territorial do Estado de Mato Grosso, mas que o secretário já está colocando a inteligência para descobrir as quadrilhas que estão atuando nesses crimes e, certamente, nós contamos que em pouco tempo vamos ter resultados para desmantelar essas quadrilhas”, destacou Fávaro.

Também participou da reunião o presidente da Comissão de Meio Ambiente da Famato, Ricardo Arioli.