“Faltou só o gol pra vencermos”, diz o técnico do Rondonópolis após empate

Para o técnico Gilberto Papagaio foi inquestionável a superioridade do Rondonópolis sobre o Cuiabá na parte de quinta-feira. O empate sem gols não retratou como foi a partida no estádio Luthero Lopes, mas destacou um problema que vem atormentando o treinador, a falta de gols. A o segundo jogo seguido sem marcar, mas também sem levar, e com o mesmo adversário. Com o empate, mesmo somando um ponto, a equipe do Leão caiu de terceiro colocado para quarto, com seis pontos na tabela.

– Sabíamos da dificuldade da partida, era para termos saído com três pontos de campo. Tivemos muitas chances de gols, oportunidades de ganhar o jogo mas não acertamos o gol. Jogamos bem, marcamos bem, criamos mas não tivemos competência pra fazer o gol – afirmou o treinador do Rondonópolis, Gilberto Papagaio por telefone, com o GloboEsporte.com.

As falhas nas finalizações vem prejudicado muito a equipe do Rondonópolis, que venceu apenas uma partida, em seis jogos disputados no estadual. Mesmo com a boa partida feita por jogadores como Calado e Valderrama, que não conseguiram acertar o gol do Cuiabá. Para o técnico Gilberto, esse é um problema que deve ser trabalhado em campo nos próximos jogos.

– Dominamos toda a partida, mas não conseguimos fazer o principal, o gol. Agora precisamos trabalhar mais finalizações e ir em busca de gols contra o Cacerense. Para esse jogo não temos tempo suficiente para acertar isso, mas vamos dedicar a próxima semana para acertar a mira do nosso ataque – afirmou Gilberto Papagaio.

Para a próxima partida, o REC vai poder contar com Marcelo, que ficou fora contra o Cuiabá após levar o terceiro cartão amarelo.

Enquanto o ataque não dá tantas alegrias para o técnico Papagaio, a zaga do time não toma gol a três rodada da competição. Com os zagueiros Fernando e Maranhão defendendo a área do REC, o Cuiabá não conseguiu passar pela dupla. O time levou cinco gols, faltando três rodadas para o fim da primeira fase da competição.

Além da falta de gols, outro problema que atrapalhou o time na partida contra o Dourado foi a queda de energia nos refletores do estádio Luthero Lopes. O time de casa dominou toda o primeiro tempo e voltou para o segundo no mesmo ritmo, até a torre do lado esquerdo do campo se apagar, esfriando o jogo por 30 minutos. Mas mesmo assim a equipe conseguiu se mante bem na partida, mas não conseguiu sair de campo vencedora.

– A queda de energia nos atrapalhou um pouco, mas estávamos muito bem em campo. Mas parece que estão resolvendo esse problema, pra não prejudicar os times da cidade nem os visitantes – disse Gilberto ao GloboEsporte.

Os jogadores do Rondonópolis que não entraram em campo contra o Cuiabá treinaram nesta sexta-feira pela manhã e fizeram jogo treino com o time da categoria de base.O grupo que jogou fez a tarde treinamentos regenerativos. Amanhã todo o time faz um último coletivo antes da partida contra o Cacerense, no dia 1º de março às 18h, na Arena Pantanal.