Facap é o novo instituto criado na UFR

O Diretor da Faculdade de Ciências Aplicadas e Políticas (Facap), João Bosco participou ontem (11) da Sessão Ordinária realizada na Câmara de Vereadores de Rondonópolis para anunciar a criação dessa nova faculdade, que foi criada através do desmembramento do Instituto de Ciências Humanas e Sociais no município dentro da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). O convite foi feito pelo vereador João Mototáxi que cedeu a sua fala de liderança na Tribuna para o professor fazer o uso.

O diretor disse que a UFR tem buscado cada vez mais o estreitamento e proximidade com a sociedade de Rondonópolis, e a criação da Facap no último mês, foi mais um meio para essa aproximação. Agora a UFR conta com quatro institutos, sendo eles: Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Instituto de Ciências Exatas e Naturais, Instituto de Ciências Agrícolas e Tecnológicas, e agora a Faculdade de Ciências Aplicadas e Políticas, além do Campus Universitário de Rondonópolis, que ainda é ligado a UFMT.

São oferecidos hoje através dos quatro institutos 19 cursos de graduação, quatro programas de mestrado, programa Selig, programa de apoio a Terceira Idade, o Neati, grupos de pesquisas, e cursos de extensão. E de acordo com o diretor, um dos focos principais com a criação da Facap é que seja implantado o curso de Direito.

“Já passei para os colegas vereadores para que possamos lutar para implantação desse curso, além de fortalecer e conseguir enfim a implantação da UFR, porque ela está criada em Lei, mas nós precisamos que ela seja efetivamente implantada, a classe política não tem medido esforços para conseguir a implantação”, disse João Bosco.