Exposição gratuita sobre o patrimônio imaterial luso-brasileiro é inaugurada no Rio de Janeiro

Acervo da exposição traz inúmeras relíquias da cultura brasileira e portuguesa




Diversos itens do patrimônio cultural do Brasil e de Portugal podem ser vistos em exposição no Centro do Rio de Janeiro. A exposição vai até o fim do verão, então quem mora no Rio tem que conferir! Se você mora no interior do estado, pode comprar passagem 1001 e conferir essas relíquias em solo carioca.

Aproximadamente, 65 bens culturais desses países estão na exposição Patrimônio Imaterial Luso-brasileiro. O evento faz parte do calendário da cidade e é realizado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), em junto ao DGPC (Direção-geral do Patrimônio Cultural de Portugal).

Diversidade cultural luso-brasileira

O acervo da exposição conta com mais de 200 peças oriundas dos dois países. As peças e objetos expostos foram produzidos por artesãos e mestres brasileiros e portugueses, exaltando a riqueza das culturas locais. Também há peças de colecionadores na exposição.

O idealizador do projeto, Luiz Prado, disse em declaração à Revista Museu, que a exposição é uma grande feira popular, que revela a diversidade cultural, os costumes e as tradições do povo português e brasileiro.

Luiz Prado também busca reunir novos artigos que representem celebrações brasileiras, como o Maracatu, que remetem à herança indígena e negra de nosso país.

Na exposição, podemos encontrar peças de cerâmicas, artefatos indígenas, instrumentos musicais e outras belezas que remetem à diversidade cultural dos dois países.

Imersão na cultura luso-brasileira

Os visitantes da exposição vão imergir nas origens da cultura luso-brasileira. Segundo o curador do evento, Luciano Figueiredo, a exposição traz ao público não apenas a beleza das peças, mas a grande riqueza do conhecimento de comunidades locais portuguesas e brasileiras.

O conteúdo do acervo é extremamente rico e relevante para os admiradores da arte e da história dos dois países. Luciano Figueiredo ressaltou que o Iphan ampliou o catálogo de bens culturais brasileiros, o que enriqueceu ainda mais o conteúdo da exposição.

O diretor do departamento de Patrimônio Imaterial (DPI) do Iphan, Hermano Queiroz também explicou que o órgão atua para resguardar o patrimônio cultural brasileiro, e que os visitantes da exposição podem conhecer a riqueza, a beleza e a criatividade do povo brasileiro e português.

Onde fica a exposição?

A exposição Patrimônio Imaterial Luso-brasileiro começou em 18 de dezembro de 2019 e estará em cartaz até 29 de março deste ano, no Paço Imperial. A entrada é gratuita.

O local do evento é de fácil acesso aos cariocas, o Paço Imperial fica na Praça XV de Novembro, no coração do Centro do Rio, ao lado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

A visitação está aberta de terça a sexta, das 12h às 19h, e aos sábados e domingos das 12h às 18h. Tire um dia de verão e aproveite para visitar a exposição e conhecer mais sobre os dois países!

Tour cultural pelo centro do Rio de Janeiro

Próximo a outros museus e centro culturais cariocas, a nossa dica é que você aproveite a sua visita à exposição para fazer um tour cultural pelo centro do Rio de Janeiro.

O Paço Imperial fica próximo a locais como a Casa França-Brasil, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio. Todos esses espaços também possuem exposições e mostras gratuitas, então, aproveite a oportunidade para conhecê-los!

Quem vai visitar a capital fluminense, partindo do interior do estado ou mesmo de outros estados do país, tem obrigação de fazer esse tour cultural no centro do Rio e

conferir o acervo de Patrimônio Imaterial da cultura luso-brasileira. É uma programação imperdível!