Escola Militar Dom Pedro II é implantada e realiza processo seletivo em Rondonópolis

Escola Militar Dom Pedro II é implantada e realiza processo seletivo em Rondonópolis

Delegado Claudinei teve a reivindicação atendida pelo governo de Mato Grosso com a instalação de escola que será dirigida pelo Corpo de Bombeiros Militar

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) informou, em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (11), sobre o início das inscrições para os alunos interessados em ingressar na Escola Militar Dom II de Rondonópolis, entre os dias 11 a 14 de janeiro. A unidade escolar vai dar início ao ensino cívico-militar, sendo uma reivindicação feita pelo parlamentar por meio da indicação de n.º 6.641/2021 à Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc).

“Como sou um defensor do ensino militar que prega a disciplina, o respeito ao próximo e o amor à pátria, tivemos a indicação atendida pelo Governo de Mato Grosso para a implantação dessa escola militar, em Rondonópolis, que será dirigida pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT). Avalio que o método pedagógico melhora bastante o desempenho escolar e promove o patriotismo entre os alunos”, comenta o parlamentar.

A implantação de escolas cívico-militares envolve uma parceria entre as Secretaria de Educação (Seduc) e de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), por meio do CBMMT, em que predominam as áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa, com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares que levarão instruções militares, ensinamentos de disciplina, organização e patriotismo.

Inscrições – A Escola Militar Dom Pedro II substitui a antiga Escola Estadual André Maggi do município. Os interessados em ocupar uma das vagas abertas poderão fazer as inscrições de forma gratuita, pelo site www.seduc.mt.gov.br. A unidade escolar oferece 51 vagas para o 7° ano, 72 e 10 ao 8°e 9° ano. Já para o ensino médio são 140 vagas para o 1° ano, 6 e 10 vagas para o 2° e 3° ano.

Decreto – O Decreto nº 9.665, de 2 de janeiro de 2020, prevê o modelo cívico-militar em escolas de todo o país. Essa lei, assinada pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), permite que escolas estaduais e municipais possam aplicar modelos de educação já seguidos em colégios militares do Exército, das polícias e Corpo de Bombeiros Militares.

Informações:
Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa
(65) 99639 9715

Noticias Relacionadas