Escola Estadual realiza concursos de cartazes e distribui mudas de ipê para alunos

A proposta do concurso foi levar os alunos e seus familiares a identificar quais os problemas ambientais estão destruindo a natureza.

A presença da família foi fundamental para o sucesso do evento. - Foto por: Divulgação

O dia da árvore não passou em branco na Escola Estadual Filogônio Correa, no Distrito de Nossa Senhora da Guia, em Cuiabá. Alunos e professores realizaram o 1º Concurso de Cartazes com o tema: preservar o meio ambiente é preservar a vida.

Em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), foram distribuídas 80 mudas de ipês, árvore nativa do cerrado, aos alunos que realizaram os trabalhos – bastava fazer a inscrição de seus cartazes para levar a planta. A ação ocorreu neste sábado de manhã e contou com o distanciamento social.

Conforme a diretora Joelma Adriana Teixeira, houve respeito às normas de segurança com os alunos passando na escola para a entrega dos cartazes e recebendo a muda de ipê. “Foi marcado o horário das 7h30 as 11h30 para entrega dos trabalhos. O resultado foi divulgado pelo Facebook da escola ao vivo. Com isso, evitamos aglomeração”, salienta. Foram premiadas oito categorias, com aluno e professor ganhando um prêmio surpresa além de muda de Ipê.

A avaliação dos trabalhos foi realizada por três convidados especiais -, a assessora pedagógica Rosangela Roquete, a professora de artes Sonia Cristina de Jesus Gama e o engenheiro agrônomo, extencionista rural do escritório metropolitano da Empaer, Lucas Stevão da Silva Freire. Foram premiados dois trabalhos por categoria, com alunos e seus professores conselheiros.

A diretora destaca que a proposta do concurso é fazer com que os alunos e seus familiares identifiquem quais os problemas ambientais estão destruindo a natureza. Para reverter, é preciso mudar o comportamento e ter conscientização da população sobre o papel de cada um para termos um ambiente saudável e justo para todos.

“O resultado foi excelente, pois superou nossas expectativas, por se tratar de trabalho não presencial. Usamos a tecnologia para a divulgação e, com isso, evitamos aglomeração”, comemora.

A ação ambiental fez parte das comemorações ao dia da árvore, celebrado no 21 de setembro, valeu como sábado letivo do calendário escolar de setembro e também como atividades complementares das aulas não presenciais planejadas no Plano Pedagógico Estratégico de Atendimento Escolar (PPEAE) da unidade escolar.

Para ganhar a muda de ipê, bastava o aluno levar o cartaz- Foto: Divulgação

Confira os alunos e professores premiados

Aluna do 4° A: Bianca Eduarda Leal.

Professora: Sirlene Angela da Silva

Aluna do 6° ano A: Hillary Silva.

Professor:

Gildo Rodrigues Teixeira

Aluno do 8° ano C. Davi Wasmiiller.

Professor: Edinei Valentim Neves Santos

Aluna do 9°ano B. Alessandra Rosinha.

Professor: Gildo Rodrigues Teixeira

Aluna do 3° ano B. E.M Regular: Jéssica Anunciação.

Professora: Paula Valéria de Carvalho Brito;

Aluna do 1°ano A E.M Regular: Geovana Cristina M. Fernandes.

Professor: Adnilson Augusto Da Silva Pinto;

Aluna do 1° ano E.M Campo: Kamile da Silva Santiago.

Professora: Shirley Marques de Souza.

Aluna do 3° ano E.M Campo: Ana Beatriz da Silva Costa.

Professor: José Pedro da Costa.

A equipe gestora e os jurados do concurso -Foto: Divulgação