Equipes da Nova Rota atendem um veículo parado a cada 5 minutos na BR-163 durante o feriadão de ‘Finados’

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Equipes da Nova Rota atendem um veículo parado a cada 5 minutos na BR-163 durante o feriadão de ‘Finados’

48% dos casos foram solucionados ainda na pista e motoristas puderam seguir viagem

Compartilhe:

As panes veiculares atrasaram a viagem de 462 motoristas que percorreram a BR-163 durante o feriado prolongado em alusão ao Dia de Finados (de 2 a 5 de novembro). Em média, a Nova Rota do Oeste atendeu 115 veículos por dia com problemas mecânicos, de combustível, superaquecimento do motor ou mesmo por desgaste dos pneus. Quase metade dos casos (48%) foi resolvida ainda na pista, reforçando a importância da manutenção preventiva antes de seguir viagem.

A gerente de Operações da Nova Rota, Bárbara Nathane, reafirma que os dados de atendimentos confirmam que os cuidados básicos com o veículo antes de sair de casa evitam transtornos aos motoristas. “Na maioria dos casos, o problema é simples de ser resolvido e sequer teria ocorrido, se um mecânico tivesse feito uma inspeção do veículo. Insistimos muito sobre a importância da manutenção, porque ela reflete em uma viagem mais tranquila e segura”, comenta.

Segundo o levantamento da Concessionária, 241 veículos atendidos com pane tiveram que ser encaminhados ao ponto de apoio mais próximo, conforme determina o procedimento da Nova Rota do Oeste diante da impossibilidade de o motorista seguir viagem. A remoção dos veículos com problemas diversos é um tema que sempre gera dúvida no motorista que depende do serviço, uma vez que a Concessionária tem como obrigação encaminhar o automóvel ou carreta ao ponto de apoio mais próximo do local de parada.

Bárbara explica que existe um mapeamento da BR-163 apontando os locais com estrutura para receber os veículos avariados, lembrando que o procedimento de remoção é efetuado para o ponto de apoio mais próximo do local onde o usuário foi encontrado, com a finalidade de retirá-lo de uma situação de exposição à sinistro rodoviário, permitindo que o usuário contate os prestadores necessários para resolução de suas demandas.

“A maioria dos pontos de apoio são postos de combustíveis com oferta de mecânicos, borracharia, eletricistas, entre outras especialidades. Notamos que existe uma confusão quanto ao local de remoção. É comum o usuário pedir para levá-lo até o destino final da sua viagem, mas isso não é viável, visto que os recursos da Concessionária são para atender urgências e emergências”, comenta.

Todos os serviços prestados pela Nova Rota do Oeste no trecho sob concessão da BR-163 são custeados pela arrecadação nas nove praças de pedágio existentes nos 850,9 quilômetros, de Itiquira a Sinop. Para acionar as equipes da empresa, basta entrar em contato pelo 0800 065 0163.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp