Equipe do Mapa conhece fábricas de biodiesel e de defensivos agrícolas

Picture of Mapa

Mapa

Visita à fábrica da Ourofino, em Uberaba (MG)

Equipe do Mapa conhece fábricas de biodiesel e de defensivos agrícolas

Compartilhe:

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, visitou nesta segunda-feira (6) a usina da BSBIOS, em Passo Fundo. A empresa produz biodiesel por meio de oleaginosas e gorduras animais. Na cadeia do agronegócio, ainda industrializa farelo de soja e subprodutos.

“O Brasil tem essa vocação de produzir combustíveis renováveis e o mundo inteiro exige essa matriz energética, que é o futuro do mundo. Acredito piamente neste setor e vamos trabalhar dentro do governo para fortalecer essa cadeia produtiva no Brasil”, disse o ministro.

O presidente da empresa, Erasmo Carlos Battistella, destacou que a BSBIOS representa cerca de 22% do PIB de Passo Fundo. “Isso mostra o impacto do biodiesel em toda a cadeia agrícola, produtiva e logística da região”.

Participaram da visita o presidente da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio), deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), e o ex-ministro da Agricultura, Francisco Turra. O grupo também discutiu a importância da elevação da mistura do biodiesel no óleo diesel dos atuais 10% para até 15%, de forma escalonada.

Defensivos

Também nesta segunda-feira, a equipe do Mapa visitou a fábrica da Ourofino Agrociência, localizada em Uberaba, no Triângulo Mineiro. A empresa, que atua no mercado de defensivos agrícolas, está construída em uma área de mais de 50 mil m² e tem capacidade de produção de mais de 150 milhões de quilo/litros ao ano.

Entre as plantas da fábrica está o centro tecnológico, onde são desenvolvidas as formulações inovadoras da Ourofino. Recentemente, a empresa fez um investimento na ampliação do galpão de armazenagem de matéria prima de inseticidas.

A equipe do Mapa foi recebida pelo CEO da empresa, Marcelo Abdo, e por um dos fundadores da Ourofino, Norival Bonamichi. Também participaram da visita o ex-ministro da Agricultura, Marcos Montes, o Secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Carlos Goulart, e o coordenador-Geral de Agrotóxicos e Afins, José Víctor Torres Alves.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp