Encontro entre os ministros da Agricultura brasileira e indiana avança comércio bilateral entre os países

Mapa

Mapa

Encontro entre os ministros da Agricultura brasileira e indiana avança comércio bilateral entre os países

Reunião entre o ministro Carlos Fávaro e a ministra Shobha Karandlaje ocorreu na tarde desta quinta-feira (2), em Nova Delhi

Na tarde desta quinta-feira (2), o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, se reuniu com a ministra da Agricultura e Bem Estar dos Produtores da Índia, Shobha Karandlaje. Entre as principais pautas, o avanço do comércio bilateral de produtos agrícolas e a cooperação técnica entre os países.

Nos últimos anos, a relação comercial entre os dois países ultrapassou US$ 15 bilhões, entre 2022 e 2023 houve um crescimento de 106% na exportação de commodities do Brasil para o continente indiano, conforme avaliou a ministra. E a perspectiva é de que a relação comercial se intensifique ainda mais já nestes próximos meses.

Aberturas de mercado de ambos os lados foram tratadas pelas equipes ministeriais durante o encontro. Neste, que é comemorado o ano do milheto, o Brasil abre suas portas para a commodity indiana. Na outra via, passará a exportar avocado para o país.

O ministro Fávaro ressaltou que o Brasil é um grande exportador de alimentos para o mundo e irá intensificar a produção de alimentos sobre pastagens de baixa produtividade. Isso, segundo reforçou, é fruto do avanço tecnológico da pesquisa brasileira, que torna o Brasil um dos principais atores na questão da segurança alimentar global.

Assim, destacou o trabalho da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) como possibilidade de transferência tecnológica para a cooperação técnico-cientifica entre Brasil e Índia, contribuindo para o aumento da produtividade no país que é o mais populoso do mundo.

A ministra Shobha Karandlaje apresentou que nos últimos anos houve um crescimento significativo na cooperação agrícola entre os países, e que assim como o Brasil, a Índia é um grande produtor de alimentos, principalmente na produção de arroz e trigo. Acredita que a missão oficial irá proporcionar oportunidades para aumentar esta cooperação. E também afirmou o interesse na tecnologia brasileira, principalmente na questão de irrigação das áreas agrícolas.

“Ambos os países podem explorar cooperações em áreas como o processamento de alimentos, por meio do intercâmbio de conhecimentos”, disse ela.

No encontro, os ministros também falaram sobre a participação dos países no G20 e a atuação dos mesmos.

O ministro da Agricultura brasileira destacou que o Brasil está acelerando as negociações fitossanitárias e trabalhando na burocracia para que possam ser mais eficientes e ágeis.

“Todas essas pautas que são comuns resultam em aumento das relações comerciais entre os nossos países. Para isso, estamos prontos para ampliar as nossas relações comerciais”, evidenciou Fávaro.

O presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Jorge Viana, ressaltou que o governo federal brasileiro tem uma grande expectativa na relação estratégica com a Índia e que encontros como o que está ocorrendo durante a missão, permitem oportunidades para fluxo de comércio exterior.

“A Apex junto com a embaixada do Brasil na Índia, está construindo o mapa de oportunidades de investimentos Índia-Brasil, pois os dois ministérios precisam ter um maior espaço dentro deste mapa de investimentos”, disse ele.

+ Acessados

Veja Também