Em Lucas do Rio Verde, Polícia detém 5 por morte de agente penitenciário

A Polícia Civil conseguiu deter cinco pessoas pela morte do agente penitenciário Elison Douglas da Silva, de 37 anos, executado no último domingo (30), em Lucas do Rio Verde.

De acordo com o boletim de ocorrência (BO), a Polícia conseguiu prender quatro homens na madrugada desta segunda-feira (01). Os individuos tem idades entre 24, 26, 29, 39 anos, além de menor de 15 anos que também foi apreendido. Dois dos suspeitos foram encontrados tentando se esconder logo após o crime, dentro de uma barbearia. Quando os policiais chegaram, a dupla ainda tentou correr, mas acabou detida e levada para a delegacia da cidade.

Uma outra denúncia levou os policiais até o menor, ele também teria participado do homicídio do agente e se escondeu em outra residência. Quando a Polícia chegou ao local, o adolescente tentou lutar com um policial militar e roubar a sua arma. Ele confessou aos policiais ter participado da execução de Elison e que teria feito isso na companhia de outro comparsa, identificado pelo apelido de “Vitinho”.

A Polícia afirmou que o menor relatou que “Vitinho” o teria chamado para cometer o homicídio. O adolescente disse ter aceito sem querer saber a motivação, apenas “porque queria participar do crime”.

A Polícia Militar (PM), então, foi até a casa do suspeito e encontrou o tio de “Vitinho”. De acordo com ele, o sobrinho havia saído de moto, na noite de domingo, usando uma camiseta longa preta, sem dizer para onde iria, “com um garoto branco, baixo e magro”.

Em seguida, a Polícia recebeu mais uma denúncia da localização de um 4º suspeito de ter participado do crime. Ele e outro comparsa foram presos, após serem vistos pulando de uma casa. Testemunhas contaram à Polícia que viram três dos presos passando, várias vezes, no dia do crime na frente da casa de Elison Douglas.

O suspeito “Vitinho” ainda não foi encontrado. A Polícia Militar e Civil seguem com as buscas pela cidade.

Entenda o caso

Elison Douglas da Silva, de 37 anos, foi morto a tiros, na noite de domingo (30), no Bairro Tessele Junior, em Lucas do Rio Verde.

De acordo com a Polícia Civil, Elison estava saindo de uma casa quando foi atingido com vários tiros nas costas.

Os policiais não encontram os proprietários da residência.

O carro da vítima, um Honda Civic, e a arma dele não foram roubadas, o que reforça a suspeita de execução.