Dr. Leonardo debate Reforma da Previdência em municípios da Região Sudoeste

Dr. Leonardo debate Reforma da Previdência em municípios da Região Sudoeste

O deputado federal Dr. Leonardo (Sudoeste-MT) continuou a percorrer os municípios da Região Sudoeste de Mato Grosso neste final de semana, apresentando um balanço dos primeiros 60 dias na Câmara dos Deputados e levando a discussão da Reforma da Previdência. O parlamentar afirma que tem buscado ouvir a base para tomar sua decisão final e assim garantir um mandato participativo.

Nesta rodada de visitas, Dr. Leonardo foi aos municípios de Glória d’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, São José dos Quatro Marcos, Jauru e Vale do São Domingos. Em agendas anteriores o parlamentar percorreu Salto do Céu, Rio Branco e Lambari D’Oeste, Curvelândia, Mirassol D’Oeste, Araputanga, Figueirópolis D’Oeste e Indiavaí.

“Quando estou na Câmara, de terno e gravata, não represento somente as minhas ideias e convicções, mas sim de todos que votaram em mim. O mandato não é meu, é de quem me elegeu. Então o mandato precisa ser participativo. Quero ouvir a população, quero que estejamos alinhados”, afirmou o deputado Dr. Leonardo.

Um dos principais pontos discutidos nessas visitas é a Reforma da Previdência, tendo inclusive ocorrido audiência pública na Câmara Municipal de São José dos Quatro Marcos para debater o assunto. O deputado federal do Solidariedade é contra o texto apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) porque, segundo ele, retira a Previdência da Constituição Federal, aborda o fim das aposentadorias especiais para profissões perigosas, nas quais o trabalhador coloca a vida em risco, apresenta falta de clareza nas regras de transições e outros pontos.

“Eu torço muito pelo sucesso do presidente Jair Bolsonaro, porque isso significa o sucesso do Brasil. Não se trata de discutir direita ou esquerda. Se trata da aposentadoria das pessoas que tanto contribuíram ao país. Obrigar uma pessoa que trabalha exposta a vírus e bactérias a trabalhar 40 anos para receber sua aposentadoria integral é condenar ela a morrer antes de se aposentar. Não posso aceitar isso”, disse Dr. Leonardo.

60 dias na Câmara dos Deputados – Em cada um os municípios que passou, o deputado do Solidariedade fez um breve resumo do início de sua atuação na Câmara dos Deputados. Dr. Leonardo tem se notabilizado por atuar em pautas da saúde, combate a corrupção, desenvolvimento econômico e defesa às mulheres. Ele é vice-líder do Solidariedade na Câmara, presidente da Frente Nacional em Defesa dos ACE e ACS, membro titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, membro suplente da Comissão da Seguridade Social e Família.

Já apresentou quatro projetos de lei, tendo sido o primeiro deputado federal de Mato Grosso a protocolizar um PL em 2019, o 379/2019, conhecido como PL em Defesa da Saúde, com a proposta de tornar crime hediondo a corrupção na saúde pública. Outro projeto de destaque é o PL 1526/2019, Em Defesa da Mulher, com objetivo de agravar a pena de lesão corporal para lesão corporal contra mulher e criar uma pena restritiva de liberdade a quem ameaçar uma mulher.

Entre seus primeiros atos, ele renunciou a aposentadoria especial dos congressistas, que o permitiria se aposentar com salário acima do teto do Regime Geral da Previdência. Com a recusa, Dr. Leonardo está submetido ao mesmo regime de todo trabalhador que recolhe previdência pelo INSS. Para o parlamentar, que é contra o atual texto da Reforma da Previdência, é preciso estar em pé de igualdade com o trabalhador para discutir um tema tão importante.