Doses da vacina contra H1N1 acabam em pelo menos duas cidades de MT

doses da vacina contra h1n1 acabam em pelo menos duas cidades de mt

Em pelo menos dois municípios de Mato Grosso as doses da vacina contra a gripe H1N1 se esgotaram na manhã deste sábado (30), o “Dia D” da campanha nacional de imunização. Nos postos de saúde de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) e Tangará da Serra (a 242 km), a população fez filas, mas as doses disponíveis não foram suficientes para atender a toda a demanda deste sábado. Nas demais unidades do estado, como as de Cuiabá, também foram registradas filas, mas não houve mais casos de esgotamento das doses.
De acordo com os critérios da campanha nacional, devem procurar os postos de saúde pessoas que se encaixem nos chamados grupos de risco, como crianças menores de cinco anos, gestantes, puérperas, idosos, indígenas e pessoas com comorbidades. As vacinas também serão aplicadsa em profissionais da saúde, presos e profissionais do sistema prisional.
Em Rondonópolis, foram distribuídas 22 mil doses nos 47 postos de saúde do município. Com a alta procura, agora o município depende da próxima remessa de doses, a ser enviada pelo Ministério da Saúde na próxima semana. O município tem cerca de 45 mil pessoas inseridas dentro dos chamados grupos de risco, população prioritária para a imunização na campanha do governo federal.
Em Tangará da Serra, onde a campanha de vacinação havia sido antecipada por iniciativa do município, neste Dia D as duas mil doses da vacina já se esgotaram. Agora, para atingir a imunização de 19 mil pessoas dentro dos grupos de risco, o município deverá aguardar a remessa da próxima semana, mais precisamente no dia 5 de maio. Embora tenha antecipado a campanha, Tangará da Serra deverá finalizá-la no mesmo dia em que o governo federal concluirá os trabalhos em todo o país, dia 20 de maio.
Outro município que antecipou a campanha foi Sinop, a 503 km da capital, e a medida foi responsável por reagender o Dia D de vacinação local porque o primeiro lote de doses se esgotou. Outras duas mil doses chegaram para os postos de saúde da cidade na última sexta-feira, mas o Dia D deverá ser feito no dia 14 de maio, segundo a Secretaria municipal de Saúde.
Já a Secretaria estadual de Saúde (SES) informou que a população pode continuar procurando os postos de saúde porque haverá doses para vacinação até o dia 20 de maio, dia em que termina a campanha nacional de imunização. Ao todo, a campanha será desenvolvida em 815 salas de vacinação em todo o estado.