Dois policiais são assassinados

presos filmam tortura a rival dentro de penitenciária

Dois policiais militares foram assassinados em menos de 24 horas na região metropolitana de São Paulo. Em um dos casos, na noite desse domingo, um soldado da PM teve a casa invadida e reagiu ao assalto.

Ele morava na região do Tremembé, zona norte de São Paulo. Três homens entraram na residência e trocaram tiros com o policial.

No confronto, o PM acabou sendo baleado no peito. Ele chegou a ser socorrido e levado ao pronto socorro, mas morreu durante o atendimento médico.

Um dos assaltantes, durante a fuga, trocou tiros com policiais que atendiam a ocorrência. O confronto aconteceu na Rua Paraná, próximo à Favela do Jardim Corisco, a cerca de um quilômetro da casa invadida. Baleado, o suspeito acabou morrendo no local.

Os dois outros ladrões conseguiram escapar.

O outro caso aconteceu em Guarulhos, na Grande SP, no início da manhã de domingo. Um policial militar de 28 anos foi encontrado morto, com o corpo perfurado por bala, no banco de trás do carro dele, que estava abandonado no km 22 da Rodovia Ayrton Senna.

Ao realizar vistotia no veículo, os policiais encontraram a carteira funcional e os documentos do PM. A arma e o celular dele não não foram achados.

O policial atuava no 38º Batalhão, no Parque São Rafael, zona leste de São Paulo.