Documento mostra que padre é testemunha e não acusado de assédio a menor




O padre Jhonatha Almeida da Silva prestou depoimento nesta sexta (6) na delegacia Especializada de Defesa da Mulher em Rondonópolis. Na verdade, o padre não está sendo investigado pela Polícia sobre acusação de assédio ou algo parecido, como chegou a ser divulgado por alguns veículos de imprensa da cidade.

Uma certidão assinada pela escrivã Alcione Mendonça Alves e Alves, que afirma que ele não é investigado pela especializada e que prestou esclarecimento como testemunha do caso, que a princípio envolveria um outro padre sob acusação de assédio a menores.

Na semana passada féis saíram em defesa dele em carta. Nela, relatam que o padre teve o seu mistério marcado pela missão de evangelização com jovens e que sempre demonstrou muita responsabilidade e seriedade em seu trabalho.

Certidão comprova padre como testemunha