DNIT mobiliza 70 maquinários para manutenção da BR-174 em MT


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) mobilizou mais de 70 maquinários para atuar na manutenção emergencial da rodovia federal BR-174/MT, atingida por fortes chuvas.

A Autarquia determinou que as três empresas que possuem contrato firmado com governo federal  (VF Gomes, Rodocon e Lutufo) atuem de imediato ao longo dos 363 quilômetros de extensão entre Castanheira, Juruena e Colniza, no interior de Mato Grosso.

Dentre os maquinários mobilizados, estão oito motoniveladoras, 10 escavadeiras, seis rolos compactador/pé de carneiro, dois tratores e 35 caminhões basculantes. Nos pontos críticos da rodovia, as equipes colocam materiais pétreos e executam ações de melhorias da drenagem das águas, além da recuperação de pontes de madeira

O intuito deste trabalho é reduzir os transtornos provocados pelas intensas chuvas, garantindo o trânsito dos veículos leves, de transporte de passageiros e também dos caminhões que transportam a produção mato-grossense. A região registrou, em 2020, a maior média de chuvas dos últimos anos.

A BR-174/MT é uma rodovia federal de 1.179,30 quilômetros de extensão. Os segmentos mais sensíveis são aqueles não pavimentados, com trechos não implantados, que se localizam no extremo noroeste de Mato Grosso, na divisa com os estados de Rondônia e Amazonas.

Força-tarefa

Para garantir a trafegabilidade na BR-174/MT, foi montada uma força-tarefa formada por DNIT e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os dois órgãos atuam conjuntamente no controle do tráfego pesado de veículos de carga.

Na BR-174/MT, o DNIT decidiu manter a proibição do tráfego de veículos com Peso Bruto Total Combinado (PBTC) acima de 48,5 toneladas, como forma de minimizar danos à rodovia nesta época de chuvas intensas.

O DNIT ressalta que a rodovia ainda não foi implantada, e, portanto, não pode receber peso além da sua capacidade. O cumprimento da portaria do governo federal é necessário para manter a trafegabilidade da rodovia.

Até o fim de 2020, devem ser investidos pelo DNIT o montante de R$ 30 milhões na execução das ações de manutenção da BR-174/MT, como também ações de implantação da rodovia, como implantação de novos bueiros e elevação da altura da estrada para reduzir alagamentos.