DNIT executa obras de manutenção e prepara a BR-174 em MT para o período chuvoso

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) executa uma série de serviços de manutenção na BR-174/MT. As obras são uma preparação para o período chuvoso na região, garantindo, assim, a trafegabilidade de carros, de ônibus e de caminhões no trecho não pavimentado da rodovia federal, entre os municípios de Castanheira, Juruena e Colniza, no Estado de Mato Grosso.

As equipes da Autarquia realizam encascalhamento, patrolamento, reconformação da plataforma, drenagem, limpeza de faixa de domínio e recuperação de bueiros e pontes de madeira – um dos itens de principal atenção do DNIT. Nos últimos nove meses foram reformadas mais de 90 pontes.

Mais de 70 equipamentos pesados já foram utilizados na operação de conservação e manutenção deste segmento, de 363 quilômetros de extensão, assegurando maior conforto e segurança aos usuários.



Nos serviços programados pelo DNIT para serem executados na BR-174/MT estão, por exemplo, levantar o greide (altura) da rodovia próximo ao Rio Vermelho, que este ano transbordou e alagou a pista após as fortes chuvas. Em 2020, a região registrou a maior média de chuvas dos últimos anos.

Estão sendo investidos pela Autarquia R$ 30 milhões até o fim do ano na execução das ações de manutenção, implantação de novos bueiros e a elevação da altura da estrada para reduzir os pontos de alagamentos. Está prevista, também, uma melhoria no traçado da estrada.

Pavimentação – A BR-174/MT ainda não é uma rodovia implantada. Em 2013, o DNIT firmou com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (SINFRA/MT) o Convênio TT-143/2013, cujo objeto compreende a elaboração dos estudos ambientais, a elaboração dos projetos de engenharia e a execução da obra de implantação e pavimentação da estrada.

Recentemente, ficou definido que a pavimentação dos lotes 1, 2, 3 e 4 será executada pelo Governo de Mato Grosso, por meio do convênio celebrado com Governo Federal. O processo encontra-se em fase de estudos ambientais e projetos.

Já os lotes 5 e 6 serão objetivo de projeto e execução diretamente pelo DNIT. As obras de pavimentação são primordiais para melhorar a trafegabilidade da rodovia, uma vez que aumentou o tráfego de veículos e o perfil das composições dos caminhões que percorrem a BR-174/MT.

A Autarquia ressalta que as condições ideais da BR-174/MT somente serão alcançadas a partir da implantação da estrada, garantindo as características de rodovia federal.