Diretora da DRE de Juína: estamos vendo de fato um novo jeito de fazer educação em Mato Grosso

Diretora da DRE de Juína: estamos vendo de fato um novo jeito de fazer educação em Mato Grosso

As diretorias regionais também receberam 23 veículos novos do modelo Voyage que vão auxiliar nos atendimentos dos 15 polos em MT

Empossados nesta terça-feira (18.01), os membros da Diretoria Regionais de Educação (DREs) passam a assumir grandes responsabilidades e servirão como ponte entre a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e as escolas da rede estadual nos 141 municípios de Mato Grosso. Além dos desafios, os gestores também destacaram que o suporte e os investimentos realizados pelo Governo do Estado nos últimos três anos estão contribuindo para a construção de um cenário de muitas mudanças e conquistas inovadoras na educação.

“Estou aqui hoje por aquele aluno que não tinha condições de comprar um uniforme ou chinelo para ir para escola. Quando eu vi o carinho no qual foi preparado o kit uniforme completo que eles vão receber este ano, senti que precisava fazer com que cada um desses alunos percebesse tudo isso que a educação está proporcionando a eles. Por muito tempo o uniforme foi apenas uma camiseta, e hoje, é nítido que a educação está passando por transformação em Mato Grosso”, destacou Janaína Solano, diretora da DRE de Juína.

Durante a solenidade no Palácio Paiaguás, as diretorias regionais também receberam 23 veículos novos do modelo Voyage que vão auxiliar nos atendimentos realizado pelos gestores nos municípios que integram os polos.

“Com a implementação das DREs, nós teremos um relacionamento que vai contribuir para impulsionar ainda mais a educação no Estado.  O governo já vem fazendo investimentos na infraestrutura, na parte pedagógica das escolas, aquisição de veículos, então, nós temos agora esse marco histórico”, afirmou a diretora da DRE de Rondonópolis, Andreia Cristiane de Oliveira.

As DREs são compostas por 15 diretores, 15 adjuntos, 90 coordenadores regionais e 72 assessores pedagógicos. Os polos estão sediados nos municípios de Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Diamantino, Juína, Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Querência, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

“Essa é uma proposta que vem para melhorar a qualidade do ensino em todas as dimensões, seja ele de cunho administrativo ou pedagógico, refletindo o atendimento lá na ponta, dando mais agilidade ao trabalho dos gestores”, pontuou a diretora da DRE de Querência, Glaucia Galvão.

Os gestores serão responsáveis por intermediar as ações entre a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e as 727 escolas estaduais para auxiliar nas demandas administrativas, estruturais, além de contribuir no desenvolvimento das políticas educacionais e processos de recuperação da aprendizagem, fortalecendo o ensino em Mato Grosso.

Noticias Relacionadas