Dilma Rousseff deve se encontrar com Vladimir Putin nesta quarta

Picture of G1

G1

Dilma e Vladimir Putin (foto de arquivo) — Foto: TV Globo

Dilma Rousseff deve se encontrar com Vladimir Putin nesta quarta

Compartilhe:

A presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), Dilma Rousseff, deve se encontrar com o presidente russo, Vladimir Putin, nesta quarta-feira (26). O encontro – que deve acontecer às 11h30 (horário de Brasília) – faz parte da “Segunda Cúpula Rússia-África – Fórum Econômico e Humanitário”, que acontece em São Petersburgo, na Rússia.

Em nota, o banco informou que objetivo da reunião é verificar as opiniões de ambos os países membros sobre o papel do NDB na próxima Cúpula do Brics, que será sediada na África do Sul em agosto de 2023.

O NDB também informou que não considera novos projetos na Rússia, pois, opera de acordo com as restrições impostas nos mercados financeiros e de capitais. Dilma disse na plataforma de mensagens X, anteriormente conhecida como Twitter, que quaisquer especulações sobre a discussão de novas operações do banco na Rússia eram “infundadas”.

Durante a Cúpula, Dilma será oradora na Sessão Plenária do Fórum, dirigindo-se a uma audiência de Chefes de Estado e outras autoridades de países africanos

Encontro do Brics

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, disse que Putin não vai participar de cúpula dos Brics, de agosto. O grupo visa negociar tratados de comércio e cooperação com o objetivo em aumentar seu crescimento econômico.

“Por acordo mútuo, o presidente Vladimir Putin da Federação Russa não participará da cúpula, mas a Federação Russa será representada pelo ministro das Relações Exteriores, o senhor (Sergei) Lavrov”, disse Vincent Magwenya, porta-voz do presidente sul-africano Cyril Ramaphosa, em um comunicado.

Ramaphosa definiu que o encontro desse ano será realizado de forma presencial, independente do mandado de prisão contra Putin.

Juízes do Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia emitiram em março mandados de prisão ao presidente russo. A Câmara de Pré-Julgamento II do TPI considerou que ele é responsável pelo crime de guerra de deportação ilegal de crianças de áreas ocupadas da Ucrânia para a Rússia – o conflitob completou um ano em 24 de fevereiro.

Brics

Fundado em 2006, o bloco de países emergentes era, inicialmente, formado por Brasil, Rússia, Índia e China. Em 2011, o agrupamento econômico incluiu a África do Sul e passou a se chamar Brics, com o acréscimo do “S”, inicial do nome do país em inglês (South Africa).

Desde 2009, os chefes de Estado e de governo dos países-membros passaram a se reunir anualmente, constituindo uma nova entidade político-diplomática.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp