Dia dos Pais aumenta a expectativa de vendas do comércio em 21,3%

Picture of Brasil 61

Brasil 61

Foto: Fecomércio SP / Sincomércio SP

Dia dos Pais aumenta a expectativa de vendas do comércio em 21,3%

Compartilhe:

O Dia dos Pais está chegando, e com isso, a busca por presentes para homenageá-los aumenta. Neste ano, o otimismo dos lojistas e dos consumidores com a data segue em alta no Distrito Federal. A última pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio-DF apresenta que a expectativa de crescimento nas vendas é de 21,3%.

De acordo com a pesquisa, em comparação com as vendas em dias normais, 68,64% dos empresários esperam alcançar um desempenho maior para a data, outros 30,62% acreditam que venderão como em dias regulares de comércio e 0,74% consideram que as vendas serão menores.

José Aparecido Freire, presidente do Sistema Fecomércio-DF, aponta que o levantamento mostrou que mais da metade dos lojistas acredita que as vendas neste ano serão melhores que no ano passado. 

“O valor médio do presente de acordo com os consumidores também registrou crescimento na pesquisa de expectativa. Passou de R$ 192,10 no ano passado para R$ 204,58 neste ano, um crescimento de 6,5%”, apresenta.

Ana Clara Costa, estudante de direito de 22 anos e moradora de Águas Claras – DF diz que todo ano busca presentear seu pai com algo que ele gosta e que seja útil. 

“Eu busco sempre comprar algo que seja versátil que meu pai tenha utilidade mesmo pra ele poder usar frequentemente. Tanto que ano passado eu acabei comprando para ele um tênis juntamente com a camiseta e esse ano eu não queria mudar essa linha de pensamento”, afirma. 

A pesquisa também mostra que as mulheres pretendem gastar mais que os homens. O ticket médio registrado entre elas ficou de R$ 224,03, enquanto entre os homens foi  de R$ 180,87. Os produtos mais procurados para presentear os pais deverão ser calçados e acessórios, cosméticos e perfumes, eletroeletrônicos e artigos para presente e souvenirs. 

“De acordo com o Instituto Fecomércio, 48,26% dos consumidores deverão pagar no cartão de crédito, enquanto 46,51% deverão pagar à vista por meio de cartão de débito, dinheiro ou Pix”, revela o presidente do instituto. 

José Aparecido comenta que 96% dos lojistas entrevistados para a pesquisa disseram que não reajustaram os preços, mas irão mantê-los para que os consumidores possam aproveitar melhor a data comemorativa. 
 

Fonte: Brasil 61

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp