Dia 30 de novembro é o prazo final para regularização cadastral dos servidores da ALMT

Mais de 60 servidores ainda estão pendentes e podem ter o pagamento suspenso a partir do próximo mês, caso não concluam o processo.

Servidores da ALMT têm até o dia 30 deste mês para confirmar as informações ou fazer as alterações no cadastro funcional. O procedimento é obrigatório para todos os profissionais de carreira e ocupantes de cargos comissionados e estende-se aos que se encontram cedidos, afastados, permutados ou licenciados. Mais de 60 servidores ainda estão pendentes e podem ter o pagamento suspenso a partir de dezembro, caso não concluam o processo.

A atualização deve ser feita por meio de formulário on-line, na página inicial da intranet e estará disponível também no site da ALMT. “O processo é simples e rápido, o servidor vai poder fazer isso de qualquer lugar acessando as plataformas disponíveis”, destaca o gerente da folha de pagamento, Benedito Palmeira Neto.

Ele lembra que é preciso ficar atento ao procedimento correto para que o recadastramento seja validado. Todas as etapas do formulário precisam ser preenchidas. E se todos os dados estiverem corretos e atualizados, é preciso apenas fazer a confirmação no sistema, caso contrário o servidor deve inserir as novas informações. Lembrando que, no caso de qualquer alteração, o recadastramento ficará pendente e só será finalizado quando a documentação original for protocolada na Secretaria de Gestão de Pessoas.




Para servidores que não moram nem podem vir a Cuiabá e fizeram alteração nas informações, os comprovantes podem ser enviados ao e-mail benedito.neto@al.mt.gov.br para validação.

O recadastramento foi instituído pela Portaria 045/2016, publicada em 23/02/2016, a qual tornou obrigatória a atualização anual das informações cadastrais de todos os servidores do Legislativo, no mês de março. No entanto, este ano, em função da pandemia, o prazo foi alterado para se ajustar às adaptações impostas aos sistemas de trabalho, com os afastamentos e as limitações nas jornadas de trabalho.