Destroços de avião são localizados em área de mata em MT; polícia acha suposta arcada dentária

Piloto que sobrevoava a região de Vila Bela da Santíssima Trindade viu os destroços e comunicou a polícia. Avião estava completamente queimado.

Foto: PM-MT/Divulgação

Os destroços de um avião foram encontrados em meio a uma mata, entre o município de Vila Bela da Santíssima Trindade e a fronteira com a Bolívia, na terça-feira (11). Uma suposta arcada dentária foi localizada entre os escombros. A informação foi confirmada pela polícia nesta quinta-feira (13).

De acordo com a Polícia Militar, um piloto estava sobrevoando a região de Vila Bela, quando baixou bastante a altitude para verificar uma propriedade rural que estava interessado em comprar e se deparou com a imagem dos escombros de avião.

Ele informou um policial militar, que passou as coordenadas para a PM.



Em um vídeo gravado no local, um policial diz que provavelmente alguém teria passado pelo local antes. “Não encontramos vestígios humanos e nem de algum tipo de carga. Provavelmente, alguém veio aqui antes de nós e conseguiu resgatar o que tinha de valor. O fogo consumiu praticamente tudo o que sobrou da aeronave, exceto algumas partes que ficaram espalhadas”, explica.

Ele avalia que a suspeita é de que o avião transportava entorpecente, já que a região é considerada rota do tráfico.

O local é de difícil acesso. Durante a queda, algumas partes foram espalhadas e a polícia busca reuni-las. “Provavelmente os pilotos caíram na queda”, afirma.

Os militares então seguiram até a região informada e acharam os destroços em uma fazenda, nas proximidades de um córrego.

Suposta arcada dentária foi achada em meio aos destroços — Foto: PM-MT/Divulgação

Suposta arcada dentária foi achada em meio aos destroços — Foto: PM-MT/Divulgação

Os policiais constataram que os destroços da aeronave estavam carbonizados e encontraram o que aparenta ser uma arcada dentária.

A Polícia Militar registrou boletim de ocorrência e encaminhou o caso para a Polícia Civil.

Ainda não há detalhes se houve vítimas no acidente, nem a quem pertenceria e nem as causas.

Local deve passar por perícia — Foto: PM-MT/Divulgação

Local deve passar por perícia — Foto: PM-MT/Divulgação