Destaques do futebol feminino de Rondonópolis passam em seletiva em Santa Catarina

O futebol feminino de Rondonópolis tem revelado destaques, entre eles, as irmãs Renely e Raianny Lopes, 17 e 15 anos respectivamente. A mais velha joga na posição e zagueira/volante e a caçula como goleira. Ambas irão treinar em Santa Catarina a partir da primeira semana de março.

As meninas treinavam no projeto social “Meninas Superpoderosas” da Secretaria Municipal de Esportes e depois passaram a praticar futebol na Escolinha do Flamengo, jogando inclusive com meninos que de acordo com Renely, ajudou no desenvolvimento e preparação.

“Foi uma ótima experiência participar do projeto da Prefeitura, nós preparamos para essa seletiva assim conseguimos ver que se acreditarmos mesmo no futebol feminino é possível ir mais longe”, comentou Renely.

No final de 2018, com a ajuda e todo suporte da técnica Francieli Pardins que acompanha as irmãs hás mais ou menos seis anos, foi possível participarem de uma seletiva em Santa Catarina e apenas as duas de Mato Grosso foram selecionadas para jogar no time da Associação Desportiva 3R de Joinville.

Elas receberão bolsa atleta e terão matricula garantida para continuar cursando o ensino médio. Após formarem em ensino no terceiro ano, serão encaminhadas para times maiores com a oportunidade de mais destaque perante o futebol nacional.

“Em Santa Catarina tem mais visibilidade, está sendo uma ótima oportunidade estaremos treinando para subir de categoria e podem indicar a gente para jogar pela seleção brasileira”, comemorou a zagueira.

As irmãs acreditam na necessidade de investir no futebol feminino em Rondonópolis, pois após treinarem por alguns anos foi possível conquistar as vagas, uma grande oportunidade para a carreira de jogadores iniciantes, em especial meninas que tendem a receber menos destaque do que os rapazes.