Deputado Thiago Silva entra na luta pela construção do viaduto para acesso ao distrito de Irenópolis em Juscimeira

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) esteve no último sábado (01), no município de Juscimeira participando de um movimento pela construção de um acesso rápido para a MT-373, que liga a cidade, com o Distrito de Irenópolis.

A estrada, que também é caminho alternativo para Poxoréu, foi cortada pela nova rota na BR-163/364 concluída pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A pista construída no entorno do município retirou o fluxo de quase 15 mil veículos da região central.

Mas está prejudicando quem depende da MT-373 para trabalhar. O projeto foi finalizado sem qualquer tipo de engenharia de ligação direta entre Juscimeira e o Distrito de Irenópolis. “Os mais de 1.500 habitantes da região, que vivem da agricultura, ficaram prejudicados pela falta de acesso rápido. Essa região é extremamente produtiva, centenas de famílias vivem da terra e precisam de acesso rápido para buscar insumos, negociar e escoar a produção, com a MT cortada ao meio, a distância para a cidade muito mais longa, muita gente está pagando para trabalhar. Isso é um absurdo, esses agricultores geram renda para nossa cidade e centenas de empregos”, comenta o médico e apoiador do movimento Francisco Bezerra Júnior.



Os moradores reclamam que antes da obra a distância do distrito até cidade era de 8 quilômetros. Agora o percurso passa dos 20 quilômetros. “Essa obra é muito importante para todo o Vale do São Lourenço, como também para o todo Estado, por que agiliza o escoamento. Mas faltou discutir os impactos com a sociedade de Juscimeira e as alternativas para corrigir esses impactos. Tem muita gente do outro lado da pista que está sofrendo e muito com esse erro. Vamos conversar com o Dnit e sugerir um viaduto. Do jeito que foi feito não pode ficar”, frisa o deputado Thiago Silva.

A assessoria do parlamentar já entrou em contato com o DNIT e uma primeira rodada de conversações deve acontecer nos próximos dias. Thiago também vai trabalhar com o auxílio da bancada federal de Mato Grosso, para resolver a situação, criada por falta de planejamento. “Estamos em contato com a bancada, vamos fazer uma força-tarefa e procurar uma solução para esse grande problema o quanto antes. A condição de quem precisa do acesso a MT-373 diariamente preocupa e precisa de uma resposta rápida”.