Deputado federal Dr. Leonardo propõe que embalagens de condutores elétricos tragam amostragem do consumo de energia

Relator acata três emendas de Dr. Leonardo que garantem mais recursos para saúde e segurança

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) apresentou requerimento de indicação ao Poder Executivo que propõe que embalagens de condutores elétricos, como fios, mostrem a classificação de consumo de energia como já acontece com eletrodomésticos. A ideia é permitir os consumidores saibam exatamente o tipo de produto que estão consumindo e possam avaliar melhor qual vale a pena ou não.

“As pessoas já podem avaliar qual eletrodoméstico é melhor comprar. As vezes compensa pagar um pouco mais caro e ter uma economia na energia elétrica garantida, outras vezes não. O mesmo precisa acontecer com os fios condutores, que basicamente estão em todos os cômodos de uma residência”, explica o deputado Dr. Leonardo.

De acordo com o parlamentar, a ideia surgiu em uma reunião com o Bento Bezerra, o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) de Mato Grosso. Para Bento, os consumidores pagam preços baratos nos fios, mas quanto mais barato o fio, pior a qualidade da condução, o que acaba gerando contas de energias mensais mais caras.

Os eletrodomésticos são divididos em nas categorias A, B, C, D e E, sendo A a os produtos com menor consumo e E com maior consumo. O mesmo passaria acontecer com os fios condutores no caso o requerimento seja aprovado e a indicação acatada pelo Poder Executivo.

“É um momento oportuno para estabelecer um critério gráfico, de fácil acompanhamento, similar ao adotado para indicar o nível de consumo de eletrodomésticos, que possa orientar o consumidor na escolha de material elétrico”, disse o deputado Dr. Leonardo.