Deputado da Ucrânia entra em reunião e detona três granadas dentro de sala fechada

R7

R7

O homem vestido de preto segura duas granadas nas mãos - Reprodução

Deputado da Ucrânia entra em reunião e detona três granadas dentro de sala fechada

Várias pessoas ficaram feridas, algumas com gravidade, e houve uma morte, segundo a polícia local

Um deputado ucraniano entrou numa reunião de conselho que acontecia nesta sexta-feira (15) num prédio do governo no vilarejo de Keretsky, na cidade de Zakarpattia, e jogou no chão três granadas, que explodiram na sequência.

No momento do ataque havia 26 participantes, dos quais seis ficaram gravemente feridos. Uma pessoa morreu, segundo a polícia, que ainda investiga o caso. Não há até o momento informações do estado de saúde do deputado.

Um vídeo divulgado pela polícia mostra o homem identificado como Serhii Batryn, de 53 anos, entrando na sala, tirando as granadas do bolso, destravando-as e jogando-as no chão. É possível ver o pânico que se instalou na sala. A polícia considera o ataque um ato de terrorismo.

Assista ao momento em que acontecem as explosões:

Segundo a imprensa local, num vídeo feito anteriormente — não se sabe exatamente quando — Batryn reclama com outros políticos de um pagamento ligado a serviços prestados durante a guerra contra a Rússia.

A mídia ucraniana também conta que, antes de jogar as granadas, o deputado havia discutido com seus colegas que estavam na sala sobre o tal pagamento. Como não teria conseguido convencê-los a se juntar a sua causa, saiu do local e voltou com os dispositivos.

+ Acessados

Veja Também