Delegada confirma que Petrix terá que sair do BBB 20: “Ele já foi avisado”

Reprodução/Instagram

Juliana Emerique, coordenadora geral do DGPAM – Departamento-Geral de Polícia de Atendimento À Mulher, conversou com Quem na noite desta segunda-feira (3) e confirmou que o ginasta Petrix Barbosa, do BBB 20, terá de sair do programa na próxima sexta (7) – caso não seja eliminado nesta terça (4) – para depor na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, a respeito da série de acusações de assédio por conta de seu comportamento no reality show. Juliana ainda falou que as sisters Flayslane e Bianca Andrade, a Boca Rosa, também deverão ser ouvidas por Catarina Noble, delegada responsável pelo caso.

DENÚNCIAS

“As denúncias são relacionadas a dois assédios em festa, em que as meninas estavam embriagadas. Em uma delas, a Flayslane, ele senta na cabeça, e na outra, a Bianca Andrade, existe um suposto toque mais íntimo. Inclusive quem acompanha o jogo até afirmou que a Bianca poderia ter desculpado. Mas não podemos nos esquecer que a maioria das mulheres, quando passam por esse tipo de situação, ficam envergonhadas. E é isso que eu quero saber. Elas ficam constrangidas e deixam para lá. Porque culturalmente essa invasão ao corpo feminino seria aceita. Mas eu gostaria de saber se o inverso seria aceitável pela sociedade. O que diriam das meninas? A DEAM de Jacarepaguá recebeu vários prints e vídeos dos momentos e optou por fazer essa investigação. Eu sou apenas uma porta-voz geral, que faz a interlocução com a parte jurídica para viabilizar a intimação dos envolvidos“.

COMO SERÁ?

“Se o Petrix for eliminado amanhã, obviamente temo direito dele da ampla defesa, até porque nós temos uma lei de abuso de autoridade e, como investigado, ele também tem direito de ter seu advogado. Caso seja constituído no momento, após a saída, o depoimento será, sim, assim que ele sair da casa. Caso contrário, já foi determinada a data pela delegada responsável pelo caso, que é a Catarina Noble”

E SE ELE CONTINUAR NO PROGRAMA

“Não sendo eliminado, a delegada responsável pelo caso vai ouvir as vítimas e o próprio autor e ele poderá, sim, ser eliminado do programa, uma vez que, caso saia da casa, existem regras que não permitem o contato do participante com o mundo exterior. Mas como ele é investigado, não vai ter essa possibilidade, então ele vai ter que sair. As meninas poderão ser, sim, ouvidas no confessionário através da nossa ida aos Estúdios Globo. Ele já foi avisado da intimação pelo jurídico do programa”.

EXEMPLO

“Eu sempre falo: ‘vítima é vítima e não pode ser prejudicada’. Nós vamos fazer de tudo para que elas sejam ouvidas dentro do jogo. Desde o início disso tudo já havia sinalização de que uma investigação seria iniciada pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro e isso é muito importante porque eu vejo nas redes sociais que muitos homens concordaram com essa investigação, achando um absurdo a maneira que ele se comportou perante as duas meninas. Eu, como mulher, analiso que é um avanço nesse pensamento de que pode-se tudo, de que uma dança ou uma roupa podem ser permissivas para que haja um assédio e é isso que a gente tem que repudiar considerando ainda mais que nós temos um Carnaval se aproximando e que nós queremos uma folia de paz, de muito respeito, não só com as mulheres, mas com a sociedade como um todo, nós queremos um Carnaval de paz. E se um jogo – que é de nível internacional – mostra que há uma banalização disso, então nós temos que nos preocupar, sim. Espero que isso seja um recado para os outros homens que estão lá confinados: para que respeitem as meninas lá presentes”

A Rede Globo confirmou para a Quem que a intimação foi entregue nos Estúdios nessa segunda-feira (3). Representantes de Petrix emitiram o seguinte comunicado:

“Nem a equipe de comunicação e nem a família de Petrix recebeu notificação alguma e, portanto, não há manifestação a ser feita sobre o assunto”