Defensoria e Ministério Público destacam novo planejamento da Secretaria de Saúde de Dom Aquino

mais de 158 mil veículos devem passar pela br-163 durante o réveillon

A Prefeitura de Dom Aquino por meio da Secretaria Municipal de Saúde apresentou toda a estrutura organizacional, planejamento e logística do setor. O encontro reuniu todos os profissionais da pasta, representantes da Defensoria Pública, Ministério Público e Legislativo dom-aquinense, nesta quinta-feira (22), no Clube Mutuense.

A secretária de Saúde, Maria de Lourdes Oliveira, conduziu a reunião e apresentou o plano de ação com toda a estrutura organizacional da pasta, regulação, logística de transportes de pacientes, responsabilidade de cada setor e seus colaboradores, dentre outros temas com foco principal no atendimento de excelência.

“Reunimos para apresentar o planejamento elaborado pela equipe da secretaria de saúde com objetivo de aperfeiçoar os atendimentos e proporcionar uma saúde de qualidade aos nossos munícipes, para isso convocamos além dos profissionais que atuam na pasta outros setores que estão ligados diretamente para participar da aprovação do planejamento com sugestões de todos”, disse a secretária.

A defensora pública, Thais Cristina Ferreira Borges, uma das convidadas da reunião ampliada destacou o papel da instituição que representa para as pessoas que necessitam da saúde pública e a importância de proporcionar um bom atendimento aos cidadãos quando procuram uma unidade de saúde.

“Temos que estar sempre atento com o público alvo e comunicar com o cidadão de uma forma simples e clara para que ele compreenda. Quando uma pessoa procura a saúde é porque ela está necessitando, está fragilizada com a doença, com suas aflições. A Saúde é o bem maior que temos na vida” destacou a defensora.

A defensora disse que se o sistema funciona bem é como uma engrenagem e pediu para que os profissionais pensem na importância do trabalho deles para aquelas pessoas que estão necessitando e ressaltou que desde o pessoal da limpeza até o médico tem a responsabilidade por um bom atendimento.

“Quero aproveitar a oportunidade para parabenizar a secretaria em dois aspectos: Sobre o pessoal de a hemodiálise ter um carro próprio para transportá-los ao tratamento. São pessoas que merecem um diferencial, as quais estão mais debilitadas. Outro ponto é referente ao oficio com relação a diabéticos. Esperamos isso, que faça de forma imediata ou naqueles casos que não são possíveis que determine uma data de quando o paciente tem que voltar repassando todas as informações aos assistidos”, concluiu Thais.

O promotor de Justiça, Adalberto Ferreira de Souza Júnior, parabenizou a iniciativa e organização da gestora da saúde, que se apresentou ao Ministério Público assim que tomou posse mantendo uma boa comunicação com a instituição.

“A saúde é extremamente delicada, quem está doente tem urgência. Todas as situações de saúde demandam soluções emergenciais. Para isso o setor administrativo tem que estar planejado e estruturado e é o que a senhora (secretária) tem demonstrado até agora. Percebemos esse planejamento da senhora desde o inicio frente à secretaria, as coisas estão mais claras”, frisou Adalberto.

O prefeito Josair Lopes, na ocasião agradeceu a presença dos vereadores Fabricio Ribeiro e Maria de Souza Oliveira (Preta), a equipe que se deslocou de entre rios e todos os demais servidores da secretaria que ajudou a constituir esse grande planejamento.

“Com a crise que afeta saúde em todo o país, nos municípios não são diferentes, mas o importante é neste momento se organizar e se preparar para atender bem a nossa comunidade. Hoje temos ambulâncias, para urgência e emergência, as equipes dos PSF´s estão completas, assim como nos demais setores como: laboratório, centro de reabilitação, dentre outros”, frisou Josair.

Na questão do bom atendimento, o prefeito destacou o dever de atender todos bem, com gosto e vontade de trabalhar, principalmente na párea da saúde, que é um setor delicado e importante para uma boa qualidade de vida e pediu que os servidores atendam os assistido s com humanização, carinho e respeito, como se fossem seus pais ou familiares.