Cuiabá tem menor número de homicídios dos últimos três anos

Cuiabá tem menor número de homicídios dos últimos três anos
Foto por: Lenine Martins/Sesp-MT

Os crimes de homicídio atingiram o menor índice dos últimos três anos em Cuiabá. No primeiro semestre, foram registrados 47 homicídios. Já no mesmo período do ano passado foram 66 casos e em 2017 foram 72 mortes. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceac), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Já Várzea Grande registrou redução de 49% nos crimes de homicídio de janeiro a junho de 2019. Neste ano, foram 20 mortes, enquanto no mesmo período de 2018 ocorreram 39 casos. O registro de crimes contra a vida neste ano também foi menor que em 2017, quando foram contabilizadas 29 mortes.

Uma das ações que impacta na prática de delitos criminais, segundo o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, é a constante ação integrada das forças de segurança em todo o estado.

“Temos deflagrado operações não só nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, mas também em outras Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), que abrangem as 141 cidades. Nosso foco tem sido trabalhar em frentes ostensivas e repressivas para impedir o avanço da criminalidade”, ressaltou.

Os números de roubos (quando há ameaça ou violência) também apresentaram redução. Em Cuiabá foram 2.239 ocorrências nos seis primeiros meses do ano. No mesmo período do ano passados foram 2.573, o que gera uma queda de 13%. Já em 2019, em Várzea Grande, foram 1.125 ocorrências, contra 1.280 em 2018.

Os furtos reduziram 19% em Cuiabá. Em 2019 foram 6.208 casos contra 7.697 em 2018. Em Várzea Grande também houve redução. Foram 1.828 ocorrências no semestre de 2019 e 1.914 em 2018.

Fazem parte das forças de segurança a Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Socioeducativo.