Cruzeiro reencontra Fluminense após 13 anos pela Copa do Brasil

Primeiro e único confronto entre as equipes pelo torneio aconteceu no dia 26 de abril de 2006 e o Tricolor levou a melhor

Cruzeiro reencontra Fluminense após 13 anos pela Copa do Brasil
LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Treze anos. Esse foi o tempo que se passou desde a primeira e única vez que Cruzeiro e Fluminense se encontraram pela Copa do Brasil. Na ocasião, pelas quartas de final do torneio mais democrático do país, o Tricolor das Laranjeiras saiu vitorioso.

No jogo de ida, no Mineirão, ganhou por 3 a 2 com dois gols de Lenny e um de Petkovic. Os gols da Raposa foram marcados por Elber e Wagner.

A volta, no Maracanã, teve nova vitória do Fluminense. Com gol do lateral Marcelo, o time carioca venceu por 1 a 0 e se classificou para as semifinais. Agora, 13 anos depois, as duas equipes voltam a se enfrentar no estádio carioca, às 21h30.

Tabu de quase 11 anos

Se quiser levar um resultado positivo para Belo Horizonte, o Cruzeiro também vai precisar quebrar um tabu de 11 anos em jogos contra o Fluminense no Maracanã. A última vitória da Raposa sobre o Fluminense no estádio foi no dia 26 de julho de 2008.

Na ocasião, o time comandado por Adilson Batista superou os comandados de Renato Gaúcho por 3 a 1. Os gols foram marcados por Fabrício, Wagner e Guilherme. Apenas Fábio e Henrique disputaram a partida de 11 anos atrás e estão no atual elenco.

Durante esse período de 11 anos, a única vitória do Cruzeiro sobre o Tricolor das Laranjeiras no Rio de Janeiro aconteceu em 2012, no Estádio Nilton Santos. Com gols de Montillo e Élber, a Raposa superou o Fluminense por 2 a 0.

Retrospecto recente pode animar torcedor

Os últimos dois jogos do Cruzeiro no Maracanã por competições mata-mata podem servir de alento para o torcedor. A Raposa jogou no estádio pela Copa do Brasil em 2017 e pela Libertadores no ano passado, porém contra outro rival carioca: o Flamengo.

No torneio nacional, empatou por 1 a 1 e garantiu a classificação no jogo da volta no Mineirão. Já pela competição internacional, conseguiu uma grande vitória por 2 a 0.

O zagueiro Dedé lembrou da força do Cruzeiro em competições de mata-mata e projetou uma partida difícil contra o Fluminense. Para o camisa 26, a torcida também faz a diferença em confrontos eliminatórios.

– Nosso time sabe jogar mata-mata, e está consciente do que tem de fazer. Vamos nos entregar como se fosse uma final de campeonato. Nos mata-mata é importante a experiência, saber ler o que está acontecendo em campo. E nosso time tem isso, mostrou nas duas Copas do Brasil que vencemos – analisou.