Criança Feliz vai atender cerca de 150 mil pessoas em São Paulo

criança feliz vai atender cerca de 150 mil pessoas em são paulo

A partir de agora, a maior cidade do Brasil faz parte oficialmente do programa Criança Feliz. Nessa segunda-feira (14), oConselho Municipal de Assistência Social aprovou a adesão de São Paulo à iniciativa federalpara promover o desenvolvimento infantil integral.
Cerca de 150 mil crianças deverão ser atendidas com visitas domiciliares semanais. Técnicos capacitados irão às casas das famílias acompanhar e mostrar aos pais a melhor maneira de estimular os filhos.
“A adesão da maior cidade do País dá um grande impulso ao Criança Feliz. A prefeitura vai começar a formar os visitadores para acompanhar essas famílias”, destacou oministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.
O ministro também ressaltou a importância do aval da assistência social para um programa que vai priorizar as crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
Visitas
As visitas domiciliares do Criança Feliz já começaram em 141 municípios de dez estados. De acordo com o ministro Osmar Terra, a expectativa é que, até o final do ano, aproximadamente um milhão de crianças estejam sendo acompanhadas em todo o País.
Adesão ao Criança Feliz
O Criança Feliz reúne ações nas áreas de saúde, educação, cultura e justiça. Até julho, o repasse total para a implementação do programa nos estados e municípios chegou a R$ 113,8 milhões. Na primeira fase, 2.547 municípios aderiram ao programa. O novo processo de adesão está aberto até o dia 18 deste mês.
Para aderir ao programa, o gestor da assistência social deve acessar osistemautilizando seu CPF e senha, conforme política de senhas dos sistemas da Rede Suas (apenas o administrador titular e o administrador adjunto, definido no Sistema de Autenticação e Autorização, poderão acessar o sistema e realizar o aceite).