Coronel Nunes é eleito e se torna vice mais velho da CBF

em partida de futebol para anões, argentina derrota peru

O Coronel Antônio Carlos Nunes, presidente da Federação Paraense de Futebol, foi eleito vice da CBF em votação que aconteceu nesta quarta-feira (16). Aos 79 anos, ele se torna o vice mais velho da entidade, "toma" o lugar de Delfim Peixoto e assume a presidência em caso de renúncia de Marco Polo Del Nero, atualmente licenciado por seis meses para se defender das acusações de corrupção da Justiça dos Estados Unidos.

Depois de polêmica em torno da data da eleição, que chegou a ser suspensa, Coronel Nunes venceu a disputa com 44 "sim", três "não", três brancos e cinco abstenções.

Logo após se tornar vice da CBF, o dirigente já fez o primeiro discurso no posto.

— Sinto-me honrado em ter a confiança dos que fazem essa casa. Farei o possível para contribuir com humildade e experiência nesse momento. Farei do diálogo minha maior ferramenta no processo. Saberei ouvir e refletir antes de qualquer decisão.

Nunes também falou sobre o atual momento de crise da entidade e disse que pode ajudar com os anos de experiência no futebol brasileiro.

— O momento é de reflexão. O futebol brasileiro precisa voltar a ser referência de vitórias, conquista, e sobretudo resgatar a confiança do torcedor brasileiro. Minha experiência de anos de futebol, entendo que este é o momento ideal de dividirmos essa responsabilidade.