Contrariando Ubaldo, Pátio não deve autorizar carnaval com recursos do município




O prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (SD) jogou uma verdadeira ducha de água frio em um grupo que projetava realizar no município o carnaval popular que seria realizado a principio no Casario Marechal Rondon.

Um dos defensores dessa ideia era o vice, Ubaldo Tolentino de Barros, que nas comemorações de Ano Novo chegou a lançar a ideia para algumas pessoas, defendendo a realização da Festa de Momo no Casario. Pátio, no entanto, deixou claro que este ano , mais uma vez, não haverá carnaval bancado pelos cofres do município, a prefeitura apenas poderá oferecer parcerias para festas privadas.

No primeiro ano de mandato de Pátio, o município chegou a organizar um carnaval popular, no entanto, a festa teve questionamentos da sociedade e do Ministério Público, resultando inclusive em depoimentos de autoridades na Câmara de Vereadores.