Conselho Estadual aprova investimento de R$ 3,9 milhões para realização da FIT Pantanal 2024

Sedec-MT

Sedec-MT

Murilo Jacob Müller/Sedec-MT

Conselho Estadual aprova investimento de R$ 3,9 milhões para realização da FIT Pantanal 2024

Feira organizada pela Fecomércio em parceria com o Governo do Estado é a principal vitrine do turismo de Mato Grosso

O Conselho Estadual de Desenvolvimento de Turismo (Cedtur) aprovou, nesta sexta-feira (22.02), a liberação de R$ 3,9 milhões do Fundo Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Funtur) para a realização da 31ª Feira Internacional do Turismo (FIT) Pantanal, de 30 de maio a 02 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal.

A proposta partiu da Fecomércio, que tem assento no Cedtur, já que a FIT Pantanal é a principal vitrine de negócios de turismo de Mato Grosso. A edição de 2023 reuniu 211 expositores nacionais e internacionais, com estandes da Bolívia, Paraguai e Peru. O evento teve programação com quase 70 atividades, entre palestras, oficinas, rodadas de negócios, painéis, mesas redondas e apresentações culturais.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda, destacou que a FIT Pantanal é a maior feira de turismo do Estado, além de ser tradicional. A ideia é torná-la ainda maior neste ano, com o aporte maior de recursos. Em 2023 foram investidos R$ 1,2 milhão em recursos estaduais.

“Nos últimos anos, a FIT Pantanal ganhou uma estatura muito grande, principalmente após o setor do turismo ter entrado dentro da Federação do Comércio e passar a ter o apoio do governador Mauro Mendes. O Governo do Estado, a Sedec com a Adjunta de Turismo, Sebrae e tantos outros parceiros pretendem fazer a FIT Pantanal desse ano ainda maior e melhor do que foi no ano de 2023. Vamos buscar todo trade turístico nacional e até internacional para que cada vez sejam gerados negócios e, consequentemente, sejam gerados empregos aqui em Mato Grosso”, ressaltou o secretário.

O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Júnior, disse que esperava o aval do Conselho Estadual de Turismo para a liberação de recursos para a FIT Pantanal, que neste ano é três vezes maior do que no ano passado, permitindo investimentos para tornar o evento ainda mais grandioso.

“Nós, da Fecomércio, somos o guarda-chuva do turismo no Estado de Mato Grosso. Nós abraçamos essa causa da FIT Pantanal em 2023 e fizemos uma bela de uma feira depois de cinco anos sem o evento de forma presencial. Em 2024, com o apoio de todo o trade de turismo, nós vamos fazer o maior evento de turismo no ano do ano. Agradeço ao nosso governador do Estado, Mauro Mendes, ao secretário César Miranda, que nos ajudou a liberar esse recurso”.

Sesc Salgadeira

Durante a reunião do Conselho, o presidente da Fecomércio falou sobre a gestão do Sesc Salgadeira e dos projetos que devem ser implantados no local, como uma torre de observação de 50 metros com tirolesa. No fim de semana passado, foram contabilizados 999 visitantes na unidade.

“O Sesc Salgadeira é um presente para o turismo do Estado. Só temos a agradecer ao Governo do Estado em ter confiado esse complexo de turismo, que será o maior ponto turístico da baixada cuiabana. O turismo é a nossa expertise, cada desafio é um aprendizado e estamos aprendendo ali”.

José Wenceslau explicou que a descida para a cachoeira é guiada pelo pessoal do Sesc com tempo para banho e contemplação para permitir que outros grupos também possam acessar o espaço.

Atualmente, o local mais visitado em Cuiabá é o Sesc Arsenal. Nas quintas-feiras, durante o bulixo cuiabano passam entre 2 mil a 2,5 mil visitantes.

+ Acessados

Veja Também