Conselheiros tutelares de Várzea Grande concluem capacitação

Picture of Secom/VG

Secom/VG

Conselheiros tutelares de Várzea Grande concluem capacitação

Compartilhe:

Membros do Conselho Tutelar de Várzea Grande concluíram nesta sexta-feira (9), capacitação continuada. O evento promovido pela Secretaria de Assistência Social teve como propósito qualificar os atores do Sistema de Garantias de Direitos da Criança e Adolescente, além de efetivar as ações e atividades direcionadas a esse público, no fortalecimento da Rede de Proteção e Prevenção.

Durante cinco semanas, os conselheiros participaram de palestras com foco nas atividades desenvolvidas pelos conselheiros tutelares, as especificações e atribuições, além da importância do trabalho em equipe e o fluxo de atendimento.

Para o conselheiro Felipe de Almeida a iniciativa da Secretaria de Assistência em promover essa capacitação foi importante para esclarecer, principalmente, as atribuições que cabem aos conselheiros. “Fazemos parte de uma rede de proteção bastante atuante, e precisamos ter em mente as questões relativas ao trabalho, a forma como devemos agir e quando agir. A capacitação foi enriquecedora e que seja uma ação contínua em nosso município”.

A conselheira tutelar, Silvia de Oliveira Soares, também elogiou a condução da Secretaria de Assistência na elaboração dessa capacitação continuada, principalmente porque definiu qual o papel do Conselho Tutelar na sociedade. “Foi importante participar dessa capacitação continuada porque esclareceu muitos pontos importantes nesse processo de atribuição de cada segmento”.

A secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, destacou que a educação permanente e coletiva é uma vertente desta gestão, por isso a importância de estar todos alinhados na busca de melhorias e de fortalecimento da rede de proteção e de garantia dos direitos da criança e adolescente.

Quanto a capacitação ela será realizada para todos os grupos de trabalhos, e que neste primeiro momento, deu início com a capacitação dos Conselheiros Tutelares que participaram de cinco módulos, com foco na efetivação dos direitos das crianças e adolescentes.

A gestora disse ainda que o trabalho conjunto de todos que compõem a Rede de Proteção em Várzea Grande tem sido elogiado pela condução dos fatores envolvendo todos os segmentos. “Mas para que tenham efetividade neste processo de evolução é necessário buscar mais conhecimento, por isso a importância dessa capacitação”, completou.

A professora mestra, Terezinha Paes de Arruda – que participou da capacitação como palestrante – disse que independente do segmento, é importante que todos os profissionais reconheçam a sua relevância no contexto do trabalho que é desenvolvido.

Quanto à capacitação dos conselheiros tutelares, ela disse que é essencial que todos os atores estejam alinhados em prol de um bem comum. “Estivemos trabalhando várias temáticas, principalmente, quais as atribuições do conselho tutelar, o que eles devem desenvolver, a articulação de políticas públicas e com o sistema de garantias de uma forma geral. Foi muito importante essa formação que deve ser continuada, e esse é o primeiro passo. Esse é um trabalho coletivo e todas as partes precisam dialogar”.

A Secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira disse que o projeto ‘Capacitar para Prevenir’ terá continuidade e que outros setores também irão participar da formação. “Demos início neste primeiro momento com a capacitação para os Conselheiros Tutelares, porém estaremos nos organizando para atendermos outros grupos que compõem o setor da assistência social”.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp