Conheça as diferenças entre um ortopedista e um fisoterapeuta

Picture of Mike Alves

Mike Alves

Freepik

Conheça as diferenças entre um ortopedista e um fisoterapeuta

Compartilhe:

Ao buscar cuidados médicos para problemas de saúde relacionados aos ossos, músculos e articulações, muitas vezes surgem dúvidas sobre qual profissional procurar. É comum confundir as funções de um ortopedista e um fisioterapeuta, pois ambos lidam com questões musculoesqueléticas, mas suas abordagens e competências são distintas.

Conheça as diferenças entre um ortopedista e um fisioterapeuta.

Ortopedia e a saúde musculoesquelética

O ortopedista é um médico especializado no diagnóstico e tratamento de lesões e doenças que afetam o sistema musculoesquelético, que é composto por: ossos, ligamentos, tendões, nervos, músculos e articulações. 

Na clínica Uberlândia, um ortopedista é o profissional indicado para avaliar e tratar fraturas, luxações, lesões nos tendões, ligamentos e cartilagens. Esse profissional precisa estudar medicina por seis anos, fazer uma especialização em ortopedia e em uma subárea dentro desse segmento, como: coluna, joelhos, ombros e cotovelo, mão e microcirurgia, pé e tornozelo, quadril, medicina do esporte ou ortopedia pediátrica.

Além disso, ele também é responsável por diagnosticar e tratar condições crônicas, como osteoartrite e osteoporose. Se você enfrenta dores persistentes nas articulações ou teve uma lesão traumática, agendar uma consulta com um ortopedista em Uberlândia é essencial para receber o tratamento adequado.

Fisioterapeuta e a recuperação

Já o fisioterapeuta desempenha um papel fundamental na reabilitação e no fortalecimento muscular após lesões ou cirurgias ortopédicas. O profissional busca entender a estrutura e a mecânica do ser humano, empregando uma variedade de técnicas, como exercícios terapêuticos, manipulação manual e modalidades de fisioterapia, para ajudar os pacientes a recuperar a mobilidade e reduzir a dor. 

Seu foco é trabalhar na prevenção, auxiliar o tratamento e a reabilitação do corpo humano. Com isso, ele se diferencia do médico, que tem como objetivo avaliar, diagnosticar, tratar e prevenir.

O fisioterapeuta cursa faculdade com duração de quatro anos, e pode trabalhar dentro da área de ortopedia. Os dois profissionais complementam um ao outro. 

Os fisioterapeutas também podem atuar em outros segmentos, como no tratamento de lesões traumato-ortopédicas com algumas técnicas de reabilitação diferentes, como: acupuntura, cardiovascular, esportiva, oncologia, respiratória, entre outras áreas e técnicas.

Ou seja, para aqueles que procuram uma clínica de cardiologia em Uberlândia, saiba que o fisioterapeuta pode trabalhar na área.

Outro momento em que a fisioterapia é usada no tratamento é quando há dor no nervo ciático, que também é chamada de dor ciática, ciatalgia ou ciática. Ela ocorre quando o nervo de mesmo nome está inflamado. Ela pode acontecer por diversas razões e em diversos momentos, como na gravides. Por isso, quando sentir dor na base da coluna durante a gestação, visite um obstetra em Uberlândia, que muito provavelmente passará um tratamento com um fisio. 

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp