Concurso premia cinco melhores receitas de merendeiras do Brasil

piso salarial dos professores tem reajuste de 6,81%

Resultado do concursoMelhores Receitas da Alimentação Escolar foi anunciado nesta quinta-feira (26) peloMinistério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A competição, que valoriza o papel dos merendeiros na promoção da alimentação saudável, recebeu mais de duas mil inscrições.

Uma merendeira em cada região do Brasil foi premiada: Maria Cláudia Ferreira dos Santos foi a vencedora da região Norte,com o prato Macarronada Paraense; Debora de Souza Leal Ribeiro, do Centro-Oeste, foi premiada pelo prato Legumes ao Creme de Milho; Luciana Aparecida Pinheiro, da região Sudeste, com o prato Arroz Minerim; Gilda Rosângela Cordeiro, da região Nordeste, com o prato Caldo Nordestino; e Daniela Fernanda Felizardo, na região Sul, com o prato Polenteca.

Gilda Rosângela Cordeiro, vencedora do Nordeste, era a representante de Pernambuco. Ela trabalha na cidade de Tacaratu, na Escola Estadual Juazeiro, e venceu com a receita de Caldo Nordestino. O prato leva mandioca, couve e carne de bode.



“O principal ingrediente do meu prato é amor e carinho pelos estudantes. Amo minha profissão, para mim a mais importante do mundo. Os ingredientes do prato vêm da agricultura familiar e da horta da escola”, afirmou Gilda, que ganhou R$ 6 mil e uma viagem ao Caribe com tudo pago.

“Esses concursos são de fundamental importância para a melhora da qualidade da educação. No final de tudo isso, o que importa é que essas merendeiras estão ajudando a transformar a educação brasileira”, afirmou o secretáriode Educação Básica do MEC, Rossieli Soares.