Conab aprimora metodologia de grãos e prepara estimativas sobre a pecuária

Conab atualiza safra com registro de 234 milhões de toneladas de grãos
Agência Brasil

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza a abertura da Safra 2020/21 de Grãos nesta sexta-feira (16), em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e anuncia novidades em seus levantamentos.

A metodologia que resulta nas estimativas de grãos passa a ter novas frentes de coletas de dados e também aprimoramento nas análises estatísticas. Os técnicos da Conab também registrarão as informações de campo diretamente em tablets, com envio simultâneo (de onde houver conexão com internet) para as bases da Companhia.

Outra novidade são os trabalhos para a estimativa também de produtos da pecuária. Os setores de bovinos, frangos, suínos, caprinos, ovinos, lácteo e de ovos também contarão com estimativas da Conab em breve.




A Companhia está inovando ainda no levantamento de preços de produtos agropecuários e insumos, que passam a contar com informações de notas fiscais eletrônicas, obtidas junto à Receita Federal. A metodologia de tratamento e análise dos dados já está em desenvolvimento.

“A produção agropecuária brasileira abastece nossa população e gera excedente que contribui para a segurança alimentar de muitos países. É preciso oferecer a todo o setor informações precisas e, neste sentido, temos investido sistematicamente no aprimoramento dos nossos números e análises”, explica o presidente da Conab, Guilherme Soria Bastos Filho.

A apresentação em Campo Grande conta com a participação do diretor Administrativo Financeiro e de Fiscalização da Conab, José Ferreira da Costa Neto, do superintendente Regional da Companhia em Mato Grosso do Sul, Nilson Marques, e do superintendente de Informação do Agronegócio da estatal, Cleverton Santana.

Este é o primeiro de cinco eventos programados, um em cada macrorregião do País. Na segunda-feira, será em Belo Horizonte. Até o início de novembro, ocorrerá também em Recife/PE, Belém/PA, Teresina/PI e Porto Alegre/RS.

MAIS INFORMAÇÃO – Na temporada 2019/20, a Companhia inaugurou uma versão própria de crop tour e o aplicou para a soja. Foram coletadas mais de 1 mil amostras, na fase de enchimento do grão, e essas informações foram incorporadas aos ajustes da produtividade. Agora, essa forma de levantamento será realizada para o milho segunda safra e café, com todos os registros sendo feitos diretamente no sistema desenvolvido pela Conab e entregue em tablets aos seus 80 profissionais de campo.

Além disso, estão previstos os mapeamentos com imagens de satélite para a soja cultivada em 2020, para o milho segunda safra a ser plantado no ano que vem e para as áreas de pastagens em 2022.

Para que os setores possam aproveitar os dados da Conab com mais agilidade, a partir de 3 de novembro, serão divulgados informativos semanais focados no acompanhamento do plantio e colheita das culturas de soja, milho, arroz, feijão, trigo e algodão.