Como expandir a sua empresa para fazer vendas internacionais?

Como expandir a sua empresa para fazer vendas internacionais?

De maneira prática e didática, separamos diversas dicas para que você aprenda como expandir sua empresa para o mercado internacional. 

Aqui, falaremos sobre análise de dados, planejamento estratégico e SEO. 

Este estudo da Apex-Brasil revela que diversificar riscos e se proteger contra a imprevisibilidade do mercado doméstico estão entre os principais motivos para a internacionalização de uma empresa. 

Se você também pensa dessa maneira, este artigo é para você!

Leia o conteúdo até o final e aprenda como expandir sua marca.

Como expandir a sua empresa para fazer vendas internacionais?

Preparado para conhecer as melhores estratégias para expandir sua empresa? Veja abaixo: 

1- Estude o mercado 

Vamos começar pelo básico, isto é, estudo do mercado em que você pretende atuar. Assim como em qualquer planejamento de marketing, é importante fazer uma análise do ambiente de negócios, que engloba o macroambiente e o microambiente.

No primeiro ponto, faça um estudo de dados sobre a região para onde você quer expandir o seu negócio. 

Entre os dados mais importantes para análise estão:

  • Demográfico: habitantes, densidade, pirâmide etária, população urbana etc.
  • Econômico: cenário econômico, taxas de câmbio, juros, barreiras econômicas etc.
  • Natural: disponibilidade de recursos, aquecimento global, desmatamento etc.
  • Tecnológico: inovações, pesquisas em andamento, ritmo de transformações etc.
  • Político-legal: cenário político, disputas de poder, regras e leis, barreiras legais etc.
  • Sociocultural: hábitos, comportamentos, estilos de vida, movimentos sociais etc.

Uma vez verificados todos esses detalhes, você terá insumos suficientes para estudar a situação do país que deseja investir e quais são as tendências para o futuro.  

Ademais, tenha em mente que é necessário desenhar um panorama do seu setor de atuação.

Para isso, use o framework das 5 Forças de Porter. Ele te ajuda a descobrir os responsáveis pelo microambiente e as forças que atuam entre eles: 

  • Rivalidade entre concorrentes;
  • Poder de barganha dos fornecedores;
  • Poder de barganha dos clientes;
  • Ameaça de novos concorrentes;
  • Ameaça de novos produtos ou serviços.

Logo, você consegue perceber se o cenário é positivo ou não para a chegada dos seus produtos naquela região e quais ações precisa tomar para reduzir os erros e aproveitar as oportunidades. 

2- Faça comparações de mercado 

O próximo passo é analisar e comparar as regiões que são o seu alvo de internacionalização. 

Aí vão algumas perguntas que te ajudam a refletir o cenário com mais eficiência. 

  • Quais regiões são mais favoráveis? 
  • Quais apresentam as melhores oportunidades?

Lembre-se que cada país possui a sua própria característica, isto é, culturas, legislações e hábitos específicos. Logo, operar no Chile é diferente da Costa Rica, Colômbia e Cuba. 

Então, ao escolher os locais de atuação, estude todas as características daquele lugar com cuidado. 

3- Defina o seu ramo de atuação 

A expansão da sua empresa pode ser feita de várias maneiras. Entre as principais possibilidades estão:

  • exportar o produto físico ou digital para outras regiões;
  • abrir um escritório comercial;
  • construir um armazém de distribuição;
  • abrir uma loja própria;
  • aquisição de negócios locais para usar a experiência e o conhecimento dos profissionais ao seu favor. 

Cada tipo de negócio interfere no planejamento do marketing de sua empresa. Portanto, analise cada possibilidade com cuidado para tomar a melhor decisão. 

4- Faça um plano de marketing 

Chegamos à metade deste artigo com dicas voltadas para o marketing, ou seja, a nossa expertise. 

A partir das análises acima, você terá dados suficientes para construir um plano de marketing consolidado que ajuda a analisar dados e tomar as suas decisões. 

Bons documentos são aqueles que contém as seguintes informações:

  • definições de objetivos;
  • indicadores;
  • público-alvo;
  • posicionamento;
  • estratégias;
  • cronogramas para a sua execução.

Crie um plano de marketing internacional que inclua as estratégias para os países em que você está planejando atuar. 

Assim, todos os envolvidos compreendem as ações que a marca pretende tomar para atingir seus objetivos. 

Em paralelo, faça planos específicos para cada região, que orientem especificamente as equipes locais.

5- Invista em SEO internacional 

Produzir conteúdos internacionais é a chave para alcançar um novo mercado e, naturalmente, mais clientes. 

Contudo, para sua empresa ser encontrada por consumidores de outros países, é vital investir no SEO internacional, que significa a internacionalização de um site ou blog.

Nessa estratégia, considere alguns ajustes técnicos, para que as páginas tenham mais chances de aparecerem nas primeiras posições. 

Ao mesmo tempo, desenvolva um planejamento de conteúdo, que deve considerar a língua do país e os comportamentos da audiência naquele local. 

Afinal, a produção de conteúdos para um blog é pensada para tirar dúvidas das pessoas. Os post focam em responder as questões que os usuários pesquisam no Google. 

Portanto, você precisa saber o que os clientes locais estão pesquisando e quais palavras-chave estão usando, para que o seu negócio possa respondê-los e, acima de tudo, nas primeiras posições do buscador. 

Achou difícil? De fato, é necessário ter um conhecimento aprofundado para colocar as suas ideias em prática. 

Nossa dica, portanto, é investir em uma agência de SEO em Portugal, caso este país seja do interesse da sua empresa. 

Prefira companhias que tenham mais experiência e com conhecimentos avançados sobre as melhores estratégias  de marketing para que você possa ultrapassar os seus concorrentes, aumentar a sua visibilidade online, conseguir mais consumidores e vender mais.

+ Acessados

Veja Também