Como começar a malhar? Musa fitness dá passo a passo de como entrar na academia e nunca mais sair

Foto: Divulgação / MF Press Global



Entrar na academia é uma meta que muitos procrastinam em cumprir, isso porque o processo de começar a malhar pode ser um desafio que necessita de mudança de hábito e um determinado grau de esforço. Há 18 anos na academia, a musa fitness Sue Lasmar aponta que há forma de diminuir essa dificuldade em começar.

De acordo como ela, o primeiro passo para começar a malhar é encontrar uma modalidade que atenda os objetivos e também o tipo de exercícios que a pessoas mais se identifica. Frequentar aulas experimentais, tirar um dia para conhecer o local onde será realizado o treino e entender melhor quais os prós e contras da atividade auxiliam na tomada de decisão.

Encontrada a modalidade, é necessário atentar se o corpo pode arcar com aquela carga de exercício por meio de exames médicos. “Muitos costumam dispensar esse passo, mas ele é fundamental. Fazer um check up pode inclusive fazer com que os resultados possam vir de maneira mais rápida, já que é possível verificar se há insuficiência alimentar entre outros aspectos”, diz.

Defina objetivos

Com a saúde e a modalidade de exercício escolhida, Sue Lasmar aponta que é necessário traçar metas. Sem elas, a impressão de estar se esforçando sem resultados é grande. “Essas metas pequenas de, emagrecer x quilos em duas semanas ou correr 10 km, se transformam em motivação, pois a medida que as metas pequenas vão sendo superadas, outros resultados passam a ser cobiçados. Tudo isso respeitando o tempo do corpo”, aponta.

Alimentação com propósito

É possível ainda usar a busca por um corpo saudável para melhorar a alimentação. Desta forma, a alimentação terá uma meta bem definida e assim será possível se manter na dieta com mais facilidade. “Não é preciso virar a louca das calorias só porque começou a malhar, mas é importante entender que não há exercício que compense uma alimentação com excesso”, alerta. .

Invista nos objetos de treino

Ter acessórios ou roupas confortáveis e que se adaptam aos exercícios também podem gerar motivação para ir nos primeiros dias de academia. “Se você gosta de música, tenha uma braçadeira para escutar suas bandas favoritas enquanto malha, se gosta de estar sempre arrumada ter um conjunto no qual se sinta bonita. Essas são ferramentas que podem ajudar a se sentir confortável e feliz em um ambiente novo, assim a adaptação será mais fácil”, aponta.

Respeite seu tempo

Ao entrar na academia não garante resultados imediatos, é preciso entender que eles vêm de maneira gradual. “Não espere resultados milagrosos em poucas semanas ou compare a evolução do outro com a sua, cada corpo se adapta de uma maneira diferente, o que não quer dizer que as metas não serão atingidas”, analisa.