Comitiva de Rondonópolis vai a Cuiabá para manter base avançada do Incra no município

Comitiva de Rondonópolis vai a Cuiabá para manter base avançada do Incra no município
Foto: Diego Utida

O prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio e uma comitiva de deputados federais, estaduais, vereadores, assentados e pequenos produtores rurais estiveram em uma audiência na capital mato-grossense Cuiabá para manter a base a avançada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no município.

Pátio expôs sua preocupação ao superintendente do Incra Ivanildo Teixeira Thomaz com o fechamento da unidade. Ele explicou que no ano passado a base avançada foi aberta no município após anos de luta.

“Hoje a Prefeitura já banca 90% das despesas e estamos dispostos a arcar com 100% porque não podemos permitir o sacrifício do pequeno produtor. São cinco a seis mil famílias na região que dependem do Incra,” destacou Pátio.

A reunião contou com a união da classe política onde estiveram presentes o secretário municipal de Agricultura e Pecuária Genilton Pereira, o deputado federal Dr. Leonardo, os deputados estaduais Wilson Santos, Janaina Riva e Thiago Silva e os vereadores Juary Miranda, Cláudio da Farmacia, Adonias Fernandes e Bilu do Depósito de Areia.

Ao final da reunião ficou agendada uma audiência em Brasília no dia 14 de agosto com o presidente nacional do Incra João Carlos de Jesus Corrêa para discutir a continuidade da base avançada em Rondonópolis.

“Estivemos em contato com o deputado federal Neri Geller, ligamos para o senador Wellington Fagundes que marcou essa audiência em Brasília. Olha que transtorno mobilizar toda uma Câmara, todos prefeitos da região por conta de um DAS que é R$ 3 mil e o município já banca tudo, isso é um prejuízo muito grande”, explicou Pátio.

Ainda na reunião foi discutida a possibilidade de manter o funcionário na unidade até que ocorra a audiência em Brasília e seja resolvido de fato a situação.

POÇOS ARTESIANOS

Ainda em Cuiabá, o prefeito, lideranças políticas e das comunidades rurais cobraram do superintendente da Funasa Francisco Lima a continuação da perfuração de poços na zona rural município. No encontro, Francisco garantiu que dentro de 20 dias os trabalhos serão retomados em Rondonópolis.