Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo apresenta balanço de 2022 e lança corrida

Picture of Sesp-MT

Sesp-MT

Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo apresenta balanço de 2022 e lança corrida

Compartilhe:

A Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo (Coetrae-MT), órgão vinculado à Secretaria de Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), realiza nesta sexta-feira (27.01), às 9h30, coletiva de imprensa para apresentar o balanço de 2022 do trabalho de prevenção, erradicação e inserção de trabalhadores resgatados em situação análoga ao trabalho escravo em Mato Grosso. Sábado, dia 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. 

Na ocasião, o Coetrae-MT também apresentará o plano de ação para 2023 e lançará a 2ª Corrida Estadual de Combate ao Trabalho Escravo, que acontecerá em 05 de fevereiro em Cuiabá.

Estarão à disposição da imprensa o presidente, a vice-presidente e o diretor do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Sinait), representante da sociedade civil na comissão.

Amarildo Borges de Oliveira, auditor-fiscal do trabalho e presidente da comissão, falará sobre o papel da Coetrae-MT; Márcia Cristina Ourives de Silva, 1ª vice-presidente e Ouvidora Sesp-MT, apresentará o plano e metas para 2023; e Valdiney Antônio de Arruda, diretor do Sinait e auditor-fiscal do trabalho em Mato Grosso, representante da sociedade civil, sobre a fiscalização e os números do trabalho escravo no estado e no Brasil.

Papel da Comissão

A Coetrae é um órgão permanente, tripartite, vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública. Funciona nas instalações da Sesp-MT, em Cuiabá, e reúne representantes de órgãos dos governos Federal e Estadual e da sociedade civil.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp