Com quatro pré-candidatos grupo da direita tenta unificar nome


Com pelo menos três pré-candidatos para a disputa do processo eleitoral de novembro deste ano, os chamados grupos de direita de Rondonópolis, ao que tudo indica, não teve ter um único nome para o processo eleitoral. 

 

O empresário Cláudio Ferreira, o Cláudio Paisagista, neste semana, anunciou que tem o apoio de uma chamada frente conservadora e apresentou como aliados, além do seu partido o DC, os Podemos e ainda o PSL.

Os três partidos estão na base do presidente Bolsonaro. 

 

No entanto, o empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão, também tem mantido em seu grupo apoiadores do presidente. Luizão está filiado ao Republicanos, partido que também está na base de Bolsonaro.

 

Um dos principais articuladores políticos do empresário é o ex-prefeito Adilton Sachetti, que também é dirigente estadual da sigla. 

 

No entanto, um grupo dentro do PRTB, partido do vice-presidente Mourão, está à espera da filiação do tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Vanderlei Bonoto. O militar estaria empolgado com a possibilidade de disputar e teria também a simpatia de outros grupos de direita.

O Podemos, por outro lado, trabalha o nome o advogado Edir Braga Júnior, o Juninho. No entanto, há ainda a possibilidade de uma composição com o próprio Bonoto, formando uma dobradinha para prefeito e vice.