Com pior aeroporto do Brasil em MT, Senado discute obras da Copa

segurança pública e desenvolvimento da região oeste foram prioridades de wancley em 2015

A situação das obras de mobilidade urbana, infraestrutura, estádios e aeroportos nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 será debatida pelo Senado Federal nesta quarta-feira, 09. A audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional foi solicitada pelo senador Wellington Fagundes, líder do Partido da República, e terá a presença de representantes dos Ministérios dos Esportes, do Turismo, das Cidades, além da Infraero e Tribunal de Contas da União.

Em janeiro de 2010, quando o plano de obras para o Mundial foi anunciado, os aeroportos foram identificados como o maior desafio a ser superado pelo Comitê Organizador do torneio. Até maio de 2014 apenas 36 dos 93 principais projetos planejados tinham sido concluídos.

Wellington lembra que decorrido mais de um ano da realização do evento, muitos dos projetos previstos continuam inacabados, como é o caso do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande – região metropolitana de Cuiabá. “Entre as obras inacabadas estão as duas pontes de embarque, adequação das vias de serviço, nova sinalização no pátio de aeronaves e ampliação do acesso viário” – listou.

Muitos projetos de infraestrutura adicionais importantes foram projetados para diversas capitais do país, como sistemas rodoviários, de VLPs e de VLT, que ligariam os aeroportos aos centros das cidades e aos estádios.

Um dos exemplos mais citados de obras da Copa que ainda se encontram inacabadas é o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) de Cuiabá, que deveria ter sido entregue à população dois anos atrás. Além do atraso no cronograma, o projeto já recebeu R$ 1,4 bilhão e ainda faltam pelo menos R$ 800 milhões para a sua conclusão.

As obras inacabadas, de acordo com o senador republicano, estão impedindo o pleno desenvolvimento urbano e turístico das cidades-sede. “Precisamos discutir e buscar uma solução para essa situação. É inadmissível que um investimento tão grande, que gerou tantas expectativas, continue à deriva. Esse é o nosso objetivo nesse evento” – disse o republicano.