Com ares-condicionados de ‘enfeite’ na parede, alunos enfrentam calor

seduc proporciona pedagogia diferenciada a estudantes estrangeiros

Alunos da Escola Estadual Leônidas Matos, em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá, estão sofrendo com o calor devido à falta de funcionamento dos aparelhos de ar-condicionado, que já se encontram na unidade e ainda não foram instalados, pois é preciso adequações na parte elétrica do prédio.

Segundo a presidente da subsede do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep) do município, Claudinete Magalhães da Silva, a escola passa por esse problema há dois anos e que outras escolas públicas do município também estão com os ares-condicionados parados por mais tempo.

"Não entendo porque não instalaram ainda. É um descaso e quem sofre são os alunos", afirmou a sindicalista. Segundo ela, a fiação que tinha sido adquirida para a instalação foi furtada.

A Secretaria de Estado de Educação informou ter feito a reposição dos cabos de energia retirados da escola e que os equipamentos já foram instalados. "Após este período, foi solicitada, junto à Seduc, a vistoria do local (já aprovada) e agora está no prazo para que a empresa concessionária de energia elétrica possa fazer a ligação", diz trecho da nota da Seduc.

A escola possui 610 alunos, conforme o órgão. O prédio foi inaugurado em 1932 e passou por obras de ampliação em 2010.

O pai de um estudante, que pediu para não ter o nome divulgado, alegou que algumas crianças chegaram a desmaiar por causa do calor. Ele disse que o problema se agrava nessa época de calor forte. "Os ventiladores usados atualmente estão velhos e não conseguem amenizar o calor", reclamou.

Como consta em uma placa colocada na frente do prédio desde meados de 2013, a previsão era que as instalações da fiação elétrica demorasse 120 dias, o que não ocorreu.

Nos últimos dias, o calor tem sido forte em Santo Antônio de Leverger. A temperatura quase chega a 40ºC. Nesta terça-feira (11), por exemplo, chegou a 37ºC e nos próximos dois dias deve fazer até 38ºC nessa região, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A previsão de chuva é de apenas 5%.