Com 18 votos, Argemiro passa por sabatina e assume Coder

Com a aprovação da indicação, Argemiro, que até então respondia pela Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas, na atual administração, está apto para começar o trabalho à frente da empresa de economia mista, que tem o município como seu acionista majoritário.

Argemiro durante sabatina realizada na Câmara de Vereadores

Indicado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio, Argemiro Ferreira foi aprovado pela Câmara de Vereadores para ser o novo diretor geral da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder).  Com 18 votos, a aprovação do nome de Argemiro ocorreu, durante a sabatina realizada, na sessão extraordinária do legislativo rondonopolitano, na tarde desta-segunda-feira (21). O novo presidente da Coder não recebeu todos os 21 votos em razão das ausências dos vereadores Silvio Negri, Helio Pichioni e Rodrigo da Zaeli.

Com a aprovação da indicação, Argemiro, que até então respondia pela Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas, na atual administração, está apto para começar o trabalho à frente da empresa de economia mista, que tem o município como seu acionista majoritário. Ele irá substituir Nivia Calzolari, que deixou o cargo na semana passada.

“Nós temos a obrigação de corresponder a expectativa e a confiança depositada no nosso nome. Tanto pelo prefeito Zé Carlos do Pátio como nós tivemos também aqui hoje, felizmente, por parte dos vereadores, não só pela unanimidade dos votos, mas pelos pareceres que recebemos dos presentes. Isto só aumenta mais a nossa responsabilidade de trabalhar”, frisou o novo diretor geral, observando que parte do desenvolvimento de Rondonópolis passa pela empresa de economia mista.  “A Coder indo bem, a cidade vai bem”.

Durante a sabatina, Argemiro ressaltou aos vereadores que, trabalhando em conjunto com a diretoria e os servidores, irá colocar a experiência adquirida em várias funções no serviço público para que a empresa de economia mista possa seguir melhorando os serviços prestados para a população rondonopolitana.  Capitão reformado do Exército Brasileiro, Argemiro, além da pasta de Gestão de Pessoas, já ocupou também as secretarias municipais de Trânsito e a de Infraestrutura.

Argemiro não recebeu muitos questionamentos dos vereadores, a maioria pediu que ele trata-se da melhor forma possível os 500 servidores da empresa de economia mista.

Leia mais sobre o assunto:

Argemiro decide deixar o PSDB

Argemiro é confirmado na Coder e faz reunião com bancada do Solidariedade