Cláudio Ferreira afirma que sistema eleitoral é uma fraude

Cláudio Ferreira afirma que sistema eleitoral é uma fraude

O empresário Cláudio Ferreira, o Paisagista, que nas eleições passadas foi candidato a prefeito pelo DC, ficando na terceira posição em Rondonópolis com 17.498 votos pois em dúvida o sistema de urnas eletrônicas.

O paisagista entende que pode haver fraudes no processo e defende o voto auditável. Ele explicou que as falhas podem estar inclusive na apuração dos votos. “Alguns procuradores soltaram nota pedindo indícios ou comprovação de fraude nas eleições de 2018, é uma piada sem graça, não é necessário apresentar evidência ou ocorrência de fraude, a contagem secreta dos votos, sem a possibilidade de conferência das apurações já é uma fraude. O próprio Stálin já dizia; quem vota e como vota não conta nada; quem conta os votos é o que realmente importa. Pouquíssimas pessoas têm acesso à sala de contagem de votos, tudo pode acontecer ali”, disse.

Nas eleições passadas, ele lembrou que houve um pane do sistema e os números ficaram fora do ar, todo mundo ficou com cara de tacho esperando os donos da razão aparecer com o resultado horas depois com a contagem praticamente finalizada. “Nas eleições de 2020 deu uma pane e todo mundo ficou feito bobo esperando um resultado que saiu horas depois sem acompanhamento algum, inclusive da imprensa. Até hoje não sabemos o que houve, a contagem dos votos não pode ser acompanhada publicamente, não tem transparência no processo, é até inconstitucional, o voto auditado aumenta a transparência e fortalece a democracia”.

“Quando fazemos uma compra no cartão temos um comprovante que mostra quando gastamos e para quem foi o dinheiro, no voto não tem nada disso”, completou.

Ele ainda lembrou que juntamente com amigos está organizando uma motociata em Rondonópolis neste sábado com a finalidade de cobrar o congresso para que aprove o voto auditável. O evento começará às 15 horas no Casario e vai em direção à Vila Operária.

Noticias Relacionadas