Claudinei deixa a presidência do PSL e João Mototáxi pode permanecer no partido

Ronaldo Mazza/ALMT



O deputado estadual Claudinei Lopes, o Delegado Claudinei, vai deixar o comando do PSL local e possivelmente, o partido. Ele disse que deixa a presidência do partido pois vai se filiar ao Aliança Brasil, partido criado pelo presidente Jair Bolsonaro, que está em fase final de legalização.

Claudinei explicou que a saída dele do partido será concretizada quando a janela partidária for aberta e com isso ele poderia deixar a sigla sem o risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

Por outro lado,  com a saída do deputado, o vereador João Mototaxi, que planejava deixar o partido, pode voltar atrás da decisão. Mototáxi pode permanecer na sigla e ainda buscar a presidência do partido.

O PSL de Rondonópolis, além de contar com o deputado Claudinei, conta com os vereadores João Mototaxi e Beto do Amendoim, os dois parlamentares municipais estão na base de apoio do prefeito Zé Carlos do Pátio.