Cinco são presos suspeitos de envolvimento na morte de jovem em MT

Fiscais da vigilância sanitária são presos por concussão e associação criminosa em MT
Foto: Reprodução

Cinco jovens foram presos (entre eles dois foragidos acusados de homicídio) e dois adolescentes apreendidos, pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de segunda-feira (15.04), no município de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte), durante diligências para cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão. Uma arma de fogo também foi apreendida.

Foram presos: Weslem Vitor da Silva, 19, e Bruno Conceição da Silva, 20, ambos com pedido de prisão em aberto pelo crime de homicídio praticado, no mês de março, que vitimou a jovem Geane Raquel de Brito, 23 anos.

Outros três indivíduos, R.A.M., 19, F.S.S.,19, J.C.M.S., 23, foram autuados pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, associação criminosa, corrupção de menores e uso ilícito de drogas.

Os adolescentes R.F.A.M. 16 anos, e O.S.P., 17 anos, responderão ato infracional análogo a posse irregular de arma de fogo, associação criminosa e uso ilícito de drogas.

Foram realizadas diligências para cumprimento de dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão, contra suspeitos do homicídio da jovem Geane Raquel de Brito ocorrido no dia 23 de março. A motivação do crime está relacionada a rixa entre os grupos.

Foi apurado que um dos procurados (Weslem Vitor da Silva) estaria escondido em uma casa no bairro Jerusalém.

No endereço, a equipe visualizou várias pessoas reunidas no quintal, que ao perceberem a chegada dos investigadores jogaram os objetos no terreno ao lado. Próximo aos rapazes foram localizadas bebidas alcoólicas e uma porção de cocaína.

Na ocasião, o suspeito Weslem Vitor estava vestindo uma bermuda semelhante à utilizada por um dos autores de outro crime de homicídio ocorrido domingo (14.04) contra Rubens Ferreira Coelho, conhecido como “Rubão”.

Ainda durante buscas no quintal foi encontrado um revólver calibre 32, com quatro munições intactas. A arma estava escondida embaixo de entulhos encostados na parede. No interior do imóvel foram apreendidas outras duas munições intactas de calibres diferentes, dentro do cesto de lixo no banheiro.

Ato contínuo o segundo alvo, Bruno Conceição da Silva, teve o mandado de prisão cumprido em outra residência no mesmo bairro. Ao ser encontrado, Bruno confessou que ele e Weslem são os suspeitos que aparecem nas imagens captadas pelas câmeras de segurança, onde Geane de 23 anos foi morta por disparos de arma de fogo.

Todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Peixoto de Azevedo e  interrogados.

Bruno e Weslem tiveram os mandados de prisões cumpridos, bem como responderam junto com os outros envolvidos um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por posse irregular de arma de fogo, associação criminosa, corrupção de menores e uso ilícito de drogas.