Chuva pode ter causado problema que impediu pouso no aeroporto de Rondonópolis

Chuva pode ter causado problema que impediu pouso no aeroporto de Rondonópolis

A superintendente do Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco, Bianca Cristina Araldi, informou na manhã desta quarta-feira (13), que nesta madrugada um voo da companhia aérea Azul que estava previsto para pousar às 12h35 não conseguiu descer no aeroporto em função de um problema no balizamento da pista que havia sido verificado pela equipe técnica do aeroporto às 23h.

Bianca explica que a equipe técnica do aeroporto segue todas as normativas de manutenção preventiva conforme determina a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Na terça-feira (12), todos os procedimentos foram adotados como normalmente são feitos.

Os equipamentos de balizamento foram verificados às 7h e estavam 100% em funcionamento, às 16h, novamente verificados com 100% de funcionamento, às 20h, também 100% em funcionamento. Porém na verificação das 23h observou-se que havia um problema no equipamento.

A superintendente destaca que são vários os motivos que podem ocasionar a queima desse tipo de equipamento e um deles é a chuva. “Ontem choveu muito forte no aeroporto e acreditamos que isto possa ter causado a queima do equipamento”, ressaltou.

Para resolver o problema, a equipe técnica está trabalhando na recuperação do equipamento de balizamento da pista de pouso e decolagens desde às 5h e a expectativa é de que o problema esteja sanado até às 14h desta quarta (13).

O voo da Azul que deveria sair de Rondonópolis às 2h45 desta madrugada também não decolou.